Inia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaInia
Inia geoffrensis

Inia geoffrensis
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Cetacea
Subordem: Odontoceti
Família: Iniidae
Género: Inia
d'Orbigny, 1834
Espécie-tipo
Inia boliviensis
d'Orbigny, 1834
Distribuição geográfica
Cetacea range map Amazon River Dolphin.PNG
Espécies
ver texto

Inia é um gênero de cetáceo da família Iniidae. Está distribuído nas bacias do rios Amazonas e Orinoco na Bolívia, Brasil, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela.

Nomenclatura e taxonomia[editar | editar código-fonte]

Em 1824, Alcide d'Orbigny descreveu o Inia boliviensis como uma espécie distinta, e estabeleceu o termo genérico Inia.[1]

Espécies[editar | editar código-fonte]

Crânio de boto (Inia spp.)

O gênero foi considerado monoespecífico por muitos autores, incluindo apenas o Inia geoffrensis. Entretanto, estudos morfológicos e moleculares feitos ao longo das últimas décadas reconheceram a existência de duas espécies válidas, uma restrita a bacia do alto rio Madeira, Inia boliviensis, e outra presente nas bacias do Amazonas e Orinoco, o Inia geoffrensis.[2][3][4][5][6]

Em 2014, um grupo de pesquisadores anunciou a descoberta de uma nova espécie, Inia araguaiensis, encontrada na bacia do Rio Araguaia[7].

Referências

  1. D'ORBIGNY, A.M. (1834). «Notice sur un nouveau genre de cetacé des rivieres du centre de l'Amerique meridionale». Nouveau Annales du Musee d'Historie Naturel de Paris. 3: 28-36 
  2. HAMILTON, H.; CABALLERO, S.; COLLINS, A.G.; BROWNELL Jr, R.L.; (2001). «Evolution of river dolphins». Proceedings of the Real Society of London B. 268: 549-556 
  3. BANGUERA-HINESTROZA, E.; CÁRDENAS, H.; RUIZ-GARCÍA, M.; MARMONTEL, M.; GAITÁN, E.; VÁZQUEZ, R.; GARCÍA-VALLEJO, F. (2002). «Molecular identification of evolutionarily significant units in the Amazon River dolphin Inia sp. (Cetacea: Iniidae)». Journal of Heredity. 93 (5): 312-322 
  4. RUIZ-GARCÍA, M.; BANGUERA, E.; CARDENAS, H. (2006). «Morphological analysis of three Inia (Cetacea: Iniidae) populations from Colombia and Bolivia». Acta Theriologica. 51 (4): 411–426. doi:10.1007/BF03195188 
  5. RUIZ-GARCÍA, M.; MURILLO, A.; CORRALES, C.; ROMERO-ALEÁN, N.; ÁLVAREZ-PRADA, D. (2007). «Genética de poblaciones amazónicas: la historia evolutiva del jaguar, ocelote, delfín rosado, mono lanudo y piurí, reconstruida a partir de sus genes». Animal Biodiversity and Conservation. 30 (2): 115–130 
  6. RUIZ-GARCIA, M.; CABALLERO, S.; MARTINEZ-AGÜERO, M.; SHOSTELL, J.M.. Molecular Differentiation among Inia geoffrensis and Inia boliviensis (Iniidae, Cetacea) by means of nuclear intron sequences. Chapter 6. In: KOVEN, V.P. (ed.). Population Genetics Research Progress. Hauppauge: Nova Science Publisher, inc, 2008.
  7. Hrbek T, da Silva VMF, Dutra N, Gravena W, Martin AR, et al. (2014). A New Species of River Dolphin from Brazil or: How Little Do We Know Our Biodiversity. PLoS ONE 9(1): e83623. doi:10.1371/journal.pone.0083623 (em inglês
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Inia
Ícone de esboço Este artigo sobre cetáceos é um esboço relacionado ao Projeto Mamíferos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.