Toninha (franciscana)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pontoporia)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaToninha
(Pontoporia blainvillei)
Comparação de tamanho com um ser humano
Comparação de tamanho com um ser humano
Estado de conservação
Espécie vulnerável
Vulnerável (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Cetacea
Subordem: Odontoceti
Família: Pontoporiidae
Género: Pontoporia
Gray, 1846
Espécie: P. blainvillei
Nome binomial
Pontoporia blainvillei
(Gervais & d'Orbigny, 1844)
Distribuição geográfica
Mapa de distribuição da toninha (franciscana)
Mapa de distribuição da toninha (franciscana)

A toninha ou franciscana [1][2], mamífero aquático cujo nome científico é Pontoporia blainvillei, é uma espécie de cetáceo da família Pontoporiidae e a única do gênero Pontoporia. É a única espécie de golfinho em ameaça de extinção no Brasil, e possivelmente a mais ameaçada da América do Sul.[3] Também conhecida como boto-amarelo, boto-cachimbo, golfinho-do-rio-da-prata, a toninha pode ser encontrada nas águas costeiras do Brasil (do Espírito Santo à Região Sul) e da Argentina e Uruguai, podendo também ser encontrada em alguns rios. A toninha vive em média entre 15 e 20 anos, pesa entre 36 kg e 50 kg atinge cerca de 1,8 metro de comprimento. Tem focinho longo e fino, nadadeiras peitorais curtas e largas e nadadeira dorsal pequena e triangular. Por seu tamanho e hábitos, a toninha pode por vezes ser confundida com o boto-cinza.

Distribuição geográfica e habitat[editar | editar código-fonte]

Vive no litoral da América do Sul, entre o Golfo San Matias, na Argentina, e Itaúnas, no Espírito Santo. A toninha ou franciscana é considerada uma espécie de golfinho de mar, embora também penetre distâncias curtas nos rios de sua área de distribuição.

Comportamento e ecologia[editar | editar código-fonte]

A toninha ou franciscana é um cetáceo solitário, no máximo estão em duplas, mas às vezes são avistados grupos de 5 indivíduos.

Dieta e hábitos alimentares[editar | editar código-fonte]

Gosta de pequenos peixes, lulas e adora camarão. Seu focinho longo, com 210 a 242 dentes, é perfeitamente adequado à sua dieta.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Quando estão com 2 ou 3 anos, já estão aptos a acasalar. Os machos também podem se reproduzir ao atingirem 1,3 metro e as fêmeas com 1,4 metro.

A gestação dura em torno de 10 meses. Quando chega o período outubro-maio, nasce apenas um filhote, que pesa de 7 a 9 quilogramas, medindo em torno de 70 centímetros.

Conservação[editar | editar código-fonte]

A toninha ou franciscana é uma espécie ameaçada, e é calculado que só nas redes de pescadores são mortos aproximadamente 1 500 golfinhos cada ano. Por viverem perto da costa, é comum eles caírem nessas redes. Estima-se que existe uma população de 40 000 golfinhos vivendo entre as costas do Uruguai e Brasil.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies