Sarazm

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pix.gif Sítio proto-urbano de Sarazm *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Tajikistan location map.svg
Localização de Sarazm
País Tajiquistão
Tipo Cultural
Critérios ii, ii
Referência 1141
Região** Ásia e Oceania
Coordenadas 39° 30′ 28″ N, 67° 27′ 37″ L
Histórico de inscrição
Inscrição 2010  (34ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.
Sarazm
Sarazm,area12-W.jpg
Apresentação
Tipo
Estatuto patrimonial
Logotipo do Patrimônio Mundial Patrimônio mundial
Data de entrada
Identificador
Critérios
Localização
Endereço
Q863
Coordenadas

Sarazm é uma cidade antiga, localizada no noroeste do Tajiquistão, no Distrito de Panjakent, Província de Sughd.[1]

O sítio arqueológico da cidade antiga de Sarazm localiza-se perto de Durman, uma cidade localizada no Vale de Zarafshan, na fronteira com o Uzbequistão.

Descrição do local[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que a cidade era uma área de mineração de turquesa.[2] Estabelecida não mais do que 1500 a.C., a cidade também contava com um centro de produção agrícola e de cobre.[3]

A cidade foi descoberta por um fazendeiro local chamado Ashurali Tailonov em 1976.[4] Foi escavada por Abdullo Isakov e arqueólogos franceses no começo de 1977.

UNESCO[editar | editar código-fonte]

A UNESCO inscreveu o Sítio proto-urbano de Sarazm como Patrimônio Mundial por "ser um sítio arqueológico que testemunha o desenvolvimento dos assentamentos humanos na Ásia Central, desde o quarto milênio antes de Cristo. Suas ruínas demonstram o desenvolvimento de uma proto-urbanização da região"[5]

Referências

  1. «List of Jamoats». UN Coordination, Tajikistan. Consultado em 4 de abril de 2009. 
  2. Anthony, D.W. (2008) p 419
  3. Anthony, D.W. (2008) p 419
  4. Central Asian river | PRI's The World
  5. Proto-urban Site of Sarazm. UNESCO World Heritage Centre - World Heritage List (whc.unesco.org). Em inglês ; em francês ; em espanhol. Páginas visitadas em 18/02/2014.