Scream (álbum de Tony Martin)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Scream
Álbum de estúdio de Tony Martin
Lançamento 8 de novembro de 2005 (2005-11-08)
Gravação (anunciado em 2004) gravado na residência do vocalista, Worcestershire ("Headless Cross"), Inglaterra
Gênero(s) Heavy metal
Gravadora(s) SPV
Cronologia de Tony Martin
Back Where I Belong
(1992)
Book Of Shadows
(2013)

Scream é o segundo álbum solo do vocalista britânico Tony Martin. O tecladista Geoff Nicholls e o baterista Cozy Powell, dois ex-membros do Black Sabbath, contribuíram para o álbum (Cozy Powell, no entanto, apenas de forma póstuma). A maioria das partes de guitarra foram gravadas por Joe Harford, o filho do vocalista. Todos os outros instrumentos foram gravados pelo próprio Tony Martin.[1]
A capa do álbum foi desenhada por Rory Fiorito.[1]

Presença de Cozy Powell e faixa "Raising Hell"[editar | editar código-fonte]

Segundo o próprio vocalista a presença de Cozy Powell foi incluida em duas faixas, sendo que uma delas é "Raising Hell". Esta por sua vez, foi composta a partir de uma ideia de Geoff Nicholls, na época dos ensaios para o álbum Tyr. Tony Martin mostrou a música mais uma vez para Cozy quando participava da banda Cozy Powell's Hammer, mas ele achou que o material não se adptava para a banda e aconselhou-o a usá-la num disco solo. Na época Powell também deu um tape com partes de bateria para Martin, para que ele pudesse compor em cima do material. Anos depois Martin reencontrou a fita e resolveu usar as gravações originais de Powell para compor as ditas faixas de Scream.[1]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A primeira edição de Scream deveria ter sido limitada em apenas 2000 cópias. No entanto esta ideia foi abandonada.[1]
  • O álbum foi gravado na residência de Tony Martin em Worcestershire (Reino Unido). Localidade apelidade de "Headless Cross", segundo uma canção do Black Sabbath, do álbum também denominado Headless Cross.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Raising Hell"   Tony Martin  
2. "Bitter Sweet"   Tony Martin  
3. "Faith In Madness"   Tony Martin  
4. "I’m Gonna Live Forever"   Tony Martin  
5. "Scream"   Tony Martin  
6. "Surely Love Is Dead"   Tony Martin  
7. "The Kids Of Today (Don’t Understand The Blues)"   Tony Martin  
8. "Wherever You Go"   Tony Martin  
9. "Field Of Lies"   Tony Martin  
10. "Unbearable" (Bonus na versão Japonesa) Tony Martin  


Créditos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.