Segestes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Segestes
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Etnia Querusca
Ocupação Chefe tribal
Busto de Germânico

Segestes foi um chefe da tribo germânica dos queruscos que esteve envolvido nos eventos relacionados com as tentativas romanas de conquistar a Germânia durante o reinado do imperador Augusto (r. 27 a.C.14 d.C.). Ele foi rival de Armínio, um nobre e militar querusco. Contra sua vontade, Armínio casou-se com sua filha Tusnelda, o que minou ainda mais a relação deles. Partidário dos romanos, em 9 d.C., Segestes alertou o governador romano Públio Quintílio Varo da pretensão de Armínio e outros nobres queruscos de revoltarem-se. Seu alerta foi desacreditado,[1] e como consequência Varo foi morto na batalha da floresta de Teutoburgo.[2]

Em 14, Segestes foi forçado por sua tribo a participar de novos conflitos com os romanos, porém correspondeu-se com o general Germânico informando os planos e movimentos dos queruscos. Sua traição foi provavelmente descoberta, e foi atacado em sua casa, sendo salvo com muito dificuldade por um destacamento romano. Ele foi escoltado para o acampamento romano com seus filhos, escravos e clientes. Ele atenuou sua participação na guerra ao entregar sua filha Tusnelda como prisoneira[3] e ao suplicar seus serviços a Augusto, que lhe garantiu cidadania romana. Ele ofereceu-se para negociar com os germânicos insurgentes. Germânico concedeu a Segestes uma morada em Narbo Márcio, e perdoou seu filho Sigimundo, que revoltou-se. Sua filha e seu neto Tumelico, nascido em cativeiro, foram levados para Ravena.[2]

Referências

  1. Tácito século II, I.53.
  2. a b Smith 1870, p. 766.
  3. Tácito século II, I.57.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Smith, William (1870). Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology. III. [S.l.: s.n.]