Segunda Revolta Sérvia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Segunda Revolta Sérvia (1815-1817) foi a segunda fase da revolução sérvia contra o Império Otomano, que eclodiu logo após a reanexação do país ao Império Otomano, em 1813. A ocupação foi imposta após a derrota da Primeira Revolta Sérvia (1804-1813), durante o qual a Sérvia existiu como um estado independente de facto por mais de uma década. A segunda revolução culminou na semi-independência da Sérvia do Império Otomano. O Principado da Sérvia foi estabelecido, regido pelo seu próprio Parlamento, Constituição e a sua própria dinastia real. [1] A independência de jure foi alcançada durante a segunda metade do século XIX após o Congresso de Berlim, entretanto esta segunda insurreição foi o começo do estabelecimento definitivo de um Estado e de um exército sérvio.[2]

Sérvia em 1817, após a Segunda Revolta da Sérvia

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Guía del mundo: 1990-2000. El mundo visto desde el sur. Roberto Bissio. Instituto del Tercer Mundo, 2000. ISBN 978-9974-574-25-0
  • Yugoslavia y los ejércitos: la legitimidad militar en tiempos de genocidio. Xabier Agirre Aramburu. Proyectos y Producciones Editoriales, 1996. ISBN 84 8198 195 8

Referências

  1. Bissio, pág. 593
  2. Agirre, pág. 47