Selectividad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Selectividade.
Gráfico percentual dos anos os quais o teste foi realizado em função da quantidade de alunos aprovados em universidades a partir do Selectividad.

Selectividad, também conhecido como Pruebas de Acceso a Estudios Universitarios (PAU; em português, Seletividade ou Provas de Acesso a Estudos Universitários) é um exame aplicado aos concluintes do ensino médio cujo resultado serve para o ingresso em cursos de bacharelado em universidades públicas. Aplicado desde 1986 na Espanha, desde 2010 é realizado anualmente por meio de seis provas escritas em duas fases de avaliação.[1]

Na primeira fase (fase geral), é observado o conhecimento do estudante sobre gramática e literatura espanhola, língua estrangeira — alemão, francês, inglês, italiano ou português, dialeto espanhol — catalão, galego ou basca, história, filosofia e uma modalidade relacionada ao curso requirido. Na segunda fase (fase específica), o aluno pode escolher qual(is) disciplinas deseja responder. Para a análise do resultado, é feita uma nota de admissão, calculada da seguinte forma: 0.6NFG + 0.5NFE + aM1 + bM2, no qual NFG representa a nota da fase geral; NFE, a nota da fase específica; a e b a média exigida por determina universidade e M1 e M2 as médias escolares no último ano escolar.[2][3]

Referências

  1. «¿Cómo es la Prueba de Acceso a la Universidad (PAU)?». Ministerio de Educación, Cultura y Deporte. Consultado em 1 de agosto de 2012. Arquivado do original em 29 de junho de 2012 
  2. «REAL DECRETO 1892/2008, de 14 de noviembre, por el que se regulan las condiciones para el acceso a las enseñanzas universitarias oficiales de grado y los procedimientos de admisión a las universidades públicas españolas» (PDF). Boletín Oficial del estado (283): 46932-46946. 24 de novembro de 2008 
  3. «Real Decreto 558/2010, de 7 de mayo, por el que se modifica el Real Decreto 1892/2008, de 14 de noviembre» (PDF). Boletín Oficial del Estado (113): 40784-40788. 8 de maio de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]