Serra do Lenheiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Serra do Lenheiro está localizada à noroeste da cidade de São João del-Rei.[1] Caracteriza-se por ser uma formação de quartzito. Grandes blocos, chamados de Pontões, compõem o lugar, além dos vários blocos de pedra espalhados por todo o local.

A serra é usada pelo 11º Batalhão de Infantaria de Montanha de São João del-Rei para treinar seus soldados nas técnicas verticais.

Parte da Serra do Lenheiro foi decretada como Parque Municipal Ecológico, de acordo com seu ato de criação através do decreto municipal nº. 2.160 – 28 de setembro de 1993 e pela Lei nº. 3.356 – 01 de abril de 1998.

Com uma área considerada pequena de aproximadamente dois quilômetros quadrados, o Parque localiza-se nas proximidades da Capela de Nossa Senhora das Mercês e deveria ter como objetivo a proteção da Serra do Lenheiro, além do oferecimento de mais uma alternativa de lazer à população da cidade e visitantes.

Sítio arqueológico[editar | editar código-fonte]

Pinturas rupestres podem ser vistas na Serra do Lenheiro. Há estudos que apontam que as pinturas foram feitas por tribos nômades a cerca de 6 a 9 mil anos atrás. Estima-se que estes grupos viviam em cavernas e provavelmente abrigavam-se na Serra para caçar, de onde tinham boa visão de caça e possíveis inimigos como outras tribos. Estas figuras servem de testemunho da passagem de grupos humanos na região em que hoje são encontradas. Servem, ainda, para explicar o complexo cultural dos grupos que as executaram e talvez a época da permanência destes grupos.

Referências

  1. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Volumes 44-45. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (1882)
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.