Serramar (Lumiar)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Janeiro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
  • A estrada Serramar ou RJ-142, é o caminho a menor distância entre a região da Serra Verde Imperial e a região da Costa do Sol, permitindo-se chegar rapidamente , simultaneamente a vários municípios da região Litorânea.
  • Passando pela Serramar, ficamos emocionados e reverenciamos a ousadia e a grande visão de futuro do seu criador, Pio Francisco de Azevedo.
  • A Serramar reduz em 108 quilômetros a viagem que é feita por Niterói, Manilha, seguindo por Cachoeiras de Macacu, a qual tem 208 km.
  • Percorrendo a Serramar, desde o vilarejo de Muri, Nova Friburgo, até a BR-101 em Casimiro de Abreu (próxima à região dos Lagos), observa-se uma estrada asfaltada, sinalizada, iluminada em muitos pontos, conservada e limpa.
  • As comunidades de Santa Luzia, Campos Elíseos, Cascata, São Romão e Barra do Sana escoam as suas produções agrícolas e recebem turistas e visitantes, principalmente no verão, tendo retornos financeiros provenientes de suas atividades.
  • No alto da serra começa a estrada, que passa por montanhas de clima europeu e rios cristalinos, chegando ao mar azul da Região dos Lagos, conectando dois extremos de beleza natural – o mar e a montanha – numa das mais belas regiões do estado do Rio de Janeiro.
  • Esse percurso ecológico começa em Teresópolis, passa por Nova Friburgo, Muri, Lumiar, São Pedro da Serra e segue pela Estrada Parque Serramar até Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé, Barra de São João, Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. * Na serra se encontra o ecoturismo, por causa da natureza privilegiada, rios cristalinos para banho, corredeiras para prática de rafting e canoagem, montanhas para caminhadas, rapell, mountain bike, e chega ao mar da Região dos Lagos, ideal para a prática de mergulho, surfe, windsurf, passeios de escuna e bugre nas dunas da região.
  • A hospedagem, gastronomia e os passeios são um destaque à parte. Além de charmosos hotéis, pousadas e restaurantes, a região oferece visitas a chocolatarias, oficina de massa, apicultura, alambique, piscicultura e produtos naturais de altíssima qualidade.
  • A programação de festas caipiras e religiosas, festival de inverno e de verão e eventos esportivos, que ocorrem durante todo o ano, proporcionam ao visitante sempre um passeio agradável, pois todos são bem-vindos e desfrutam de tudo que a região tem de melhor.