Sicónio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sicónios de Ficus elastica, a árvore-da-borracha

Sicónio[1] (também grafado sícone[2] e sícono[3]) é a designação dada em botânica aos pseudofrutos constituídos por uma inflorescência ou infrutescência composta por um receptáculo piriforme, carnudo e cavo, com uma abertura apical, chamada ostíolo[4], que permite o acesso aos insectos polinizadores. Na parede interna do sícono encontram-se muitas flores unissexuais pequenas e frutos inclusos.[5] Assim que começa o período de maturação, os síconos podem conter ou só flores femininas ou flores dos dois sexos.[6] As flores masculinas encontram-se junto ao ostíolo.[6] Uma vez concluída a polinização, o sicónio passa a conter aquénios ou frutos verdadeiros.[4]

O sicónio pode apresentar-se, num estágio inicial, como inflorescência e mais tarde como uma infrutescência. Na verdade somente por meio de uma inspeção do interior do sicónio com uma lupa é possível distinguir o estágio em que ele se encontra. O exemplo mais comum de sicónio é o figo.

A palavra «sicónio» provém do latim científico syconium[7], que por seu turno vem do étimo grego antigo σῦκον (sûkon ou sykon) que significa «figo»[8].

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Infopédia. «sicónio | Definição ou significado de sicónio no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 23 de novembro de 2021 
  2. Infopédia. «sícone | Definição ou significado de sícone no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 23 de novembro de 2021 
  3. Infopédia. «sícono | Definição ou significado de sícono no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 23 de novembro de 2021 
  4. a b Xusto Rodríguez Río (coord.) & Elvira Díaz Vizcaino & Antonio Rigueiro Rodríguez & Juan José Villarino Urtiaga (2004) Termos esenciais de botánica. Santiago de Compostela: SNL da Universidade de Santiago. (dispoñible en http://www.usc.es/export/sites/default/gl/servizos/snl/terminoloxia/descargas/t-botanica.pdf )
  5. «Sicónio». Encyclopædia Britannica Online (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  6. a b Niño Ricoi, Henrique & Calros Silvar (1997) Guía das árbores de Galicia. Vigo: Baía Edicións
  7. S.A, Priberam Informática. «sicónio». Dicionário Priberam. Consultado em 23 de novembro de 2021 
  8. «Strong's Greek: 4810. σῦκον (sukon) -- a fig». biblehub.com. Consultado em 23 de novembro de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.