Simon Starling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Simon Starling (Epsom, Surrey, 1967) é um artista conceitual britânico.

The Mahogany Pavillion (Mobile Architecture No.1), por Simon Starling, 2004, exposto em Inhotim, Minas Gerais.

Estudou fotografia e arte no Maidstone College of Art, de 1986 a 1987, na Nottingham Trent University, de 1987 a 1990, e na Glasgow School of Art, de 1990 a 1992. [1]

Em 2005, ganhou o Prêmio Turner com a obra Shedboatshed.[2] Starling foi indicado para o Prêmio Hugo Boss Prize de arte contemporânea do Guggenheim, em 2004.


Seu trabalho faz parte do acervo permanente de importantes museus do mundo, como Tate Modern, de Londres; Moderna Museet, de Estocolmo; Solomon R. Guggenheim, de Nova York; Kroller Muller, nos Países Baixos; Folkwang de Essen; San Francisco Museum of Modern Art e Museum of Contemporary Art de Chicago.

Starling vive e trabalha em Copenhague e Berlim. É professor de arte da Städelschule de Frankfurt am Main.[3]

Referências

  1. "Simon Starling: Under Lime". Temporäre Kunsthalle Berlin. Catálogo da exposição. Walther König, 2009
  2. Simon Starling Turner Prize.
  3. Simon Starling The Modern Institute.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]