Sinfonia n.º 4 (Bruckner)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A sinfonia n.º 4 em mi bemol maior, também conhecida como Romântica, é uma sinfonia de Anton Bruckner. É um dos trabalhos mais populares do autor. Foi escrita em 1874 e revista várias vezes até 1888. Foi dedicada ao príncipe Konstantin de Hohenlohe-Schillingsfürst. Foi estreada em 1881 por Hans Richter em Viena, com grande sucesso.

o título Romântica foi usado pelo próprio compositor: no entanto não se refere à moderna concepção de amor romântico mas sim a romance medieval tal como nas óperas Siegfried e Lohengrin de Richard Wagner.[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

A sinfonia é composta por quatro movimentos e a sua execução dura um pouco mais de uma hora.

  • Bewegt, nicht zu schnell
  • Andante quasi allegretto
  • Scherzo. Bewegt. Trio. Nicht zu schnell, keinesfalls schleppend
  • Finale. Bewegt, doch nicht zu schnell

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Constantin Floros, as reported in Brown, A. Peter. dq=%22The+Second+Golden+Age+of+the+Viennese+Symphony%22&sig=kMf2soQtMl9gz6odSG0ZKLRCs3w The second golden age of the Viennese symphony: Brahms, Bruckner, Dvořák, Mahler, and selected contemporaries. Bloomington, IN: Indiana University Press, 2003. p. 219. ISBN 0253334888