Sistema cristalino monoclínico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde abril de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Relação entre os eixos no sistema monoclínico

O sistema cristalino monoclínico é um sistema cristalino que se caracteriza por três eixos cristalográficos de comprimentos diferentes. Os ângulos α e γ têm 90º e o ângulo β, um valor diferente deste. Tem um eixo de rotação binário e um plano reflexo.

Este sistema permite 13 grupos espaciais. Os cristais deste sistema em geral apresentam apenas um eixo de simetria binário, ou um único plano de simetria, ou a combinação de ambos.

São monoclínicas 30,8% das espécies minerais, sendo este o sistema com maior número de minerais. Exemplos de minerais monoclínicos são a jadeíta, o espodumênio, o ortoclásio, o talco e o euclásio.

Referências[editar | editar código-fonte]

BRANCO, Pércio de Moraes. Dicionário de Mineralogia e Gemologia. São Paulo: Oficina de Textos, 2008. 608 p. il.

Ícone de esboço Este artigo sobre Cristalografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.