Sujismundo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sugismundo)
Ir para: navegação, pesquisa
Sujismundo
Personagem fictícia de campanhas e jingles chamados “Povo desenvolvido é povo limpo”
Origem  Brasil
Sexo Masculino
Espécie Humano
Características Jogar lixo nas ruas e fazer bagunça por onde passava
Ocupação Ensinar os maus hábitos de fazer sujeira
Família Madame Sujismundo/Clarimunda (esposa)
Sujismundinho (filho)
Amigo(s) Doutor Prevenildo
Criado por Ruy Perotti
Primeira aparição setembro de 1972 (1ª aparição)
1973 (2ª aparição)
Última aparição novembro de 1972 (1ª aparição)
1978 (2ª aparição)
Espécie Humano

Sujismundo foi um personagem de animação brasileiro, criado por Ruy Perotti e utilizado em filmes de publicidade para televisão, muito popular na década de 1970.[1].

O personagem[editar | editar código-fonte]

O boneco, criado por Ruy Perotti, conquistou a simpatia dos brasileiros, apesar de seus graves erros de conduta. Seu nome acabou virando sinônimo de porcalhão. Ele era o protagonista da campanha “Povo desenvolvido é povo limpo”, patrocinada pelo governo federal com o objetivo de melhorar os hábitos de higiene e limpeza dos brasileiros.

Sujismundo surgiu em 1972, quando o governo militar incentivava e patrocinava campanhas educativas, nos moldes de “Brasil, ame-o ou deixe-o”, “Este é um país que vai pra frente” e “Ninguém segura este país”. O personagem fazia parte justamente deste conceito. Nos comerciais, em animação, ele mostrava seus maus hábitos (como jogar lixo no chão ou espalhar objetos pelo escritório) e acabava punido.

O personagem foi ao ar em setembro de 1972, numa série de quatro filmetes, que variavam entre 60 e 90 segundos de duração, e eram exibidos na TV e no cinema. Também foram produzidos cartazes e jingles. A campanha foi retirada do ar em novembro do mesmo ano. Em 1973, Sujismundo voltou, na companhia de Sujismundinho, uma criança que abandonava os maus hábitos dos adultos mais rapidamente.

Mesmo que em 1978 o personagem fosse deixado de lado, até hoje é amado pelos brasileiros "porcalhões".

Referências

  1. Visão (Edições 40-52), 1982. Vision Inc.
Ícone de esboço Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.