Super Notícia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Super Notícia
Super Notícia logo.png
Capa do jornal Super Notícia.jpg
Capa da edição do dia 7 de janeiro de 2017.
Sempre Editora Ltda.
Periodicidade diário
Formato tabloide
Sede Belo Horizonte, Minas Gerais
Preço R$ 0,50 (MG)
R$ 1,00 (outros estados)
Fundação 10 de junho de 2002
Fundador(es) Vittorio Medioli
Presidente Laura Medioli
Proprietário Sempre Editora
Diretor Rogério Maurício
Editor Carla Alves
Idioma português
Circulação 193 105 assinantes (somando o impresso e digital em 2019)[1][2]
Publicações irmãs O Tempo
Página oficial Página oficial

Super Notícia é um jornal do Brasil publicado desde 1 de maio de 2002[3] na cidade de Belo Horizonte, Brasil. É editado pela Sempre Editora, com o formato de tabloide e temática popular.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Inicialmente com tiragem de quatro mil exemplares diários em Belo Horizonte,[4] passou a ser editado pelo IVC em novembro de 2004, quando vendia, por dia, uma média de 6,7 mil exemplares.[4] Dois anos depois, com o auxílio de promoções, passou de uma tiragem diária de quinze mil exemplares para 131 mil em apenas seis meses, quando também multiplicou por dez a equipe de ambulantes que ajudava a alavancar as vendas.[4]

Em 27 de abril de 2009, a tiragem do jornal atingiu 379 140 exemplares, com "a maior vendagem de jornais já registrada em toda a história da imprensa mineira" até então.[4] No ano seguinte, atingiu a média de tiragem diária de 295 mil exemplares, superando a Folha de S.Paulo, que perdeu a liderança desse ranking, que ocupava desde 1986.[3]

O Super Notícia segue uma linha editorial que privilegia manchetes de grande destaque, textos reduzidos e prestação de serviços públicos, voltada principalmente á população das classes C e D, sendo vendido a preço acessível (cinquenta centavos). Seu principal foco é em notícias de esportes, serviços à comunidade, notícias de polícia, mundo das celebridades e promoções exclusivas. O jornal conquistou o posto de mais vendido em 2006, quando chegou à marca de 79 378 exemplares vendidos diariamente em Minas em janeiro.

Referências

  1. «Circulação dos maiores jornais do País cresce em 2019». Meio & Mensagem. 21 de janeiro de 2020. Consultado em 29 de outubro de 2020 
  2. Sacchitiello, Barbara (26 de maio de 2015). «Circulação dos cinco grandes jornais cresce». Meio & Mensagem. Consultado em 26 de maio de 2015 
  3. a b «Sucesso absoluto». Super Notícia. 30 de abril de 2011. Consultado em 27 de dezembro de 2019 
  4. a b c d «O jornal da liderança». Super Notícia. 30 de abril de 2009. Consultado em 27 de dezembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.