Supiluliuma I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Supiluliuma I
Escritura de Supiluliuma I no Museu Arqueológico de Istambul.
Rei do Novo Reino
Reinado ca. 1 344 - 1 322 a.C.
Antecessor(a) Tudália II
Sucessor(a) Mursil II
 
Cônjuge Henti
Malignal
Filho(s) Arnuanda II
Telepinu
Mursil II
Zananza
Pai Tudália II
Mãe Daduépa

Supiluliuma I ou Supiluliumas I (em acádio: Suppiluliuma(s) I) foi rei dos hititas que fundou o Novo Reino de ca. de 1 344 até 1 322 a.C. (segundo a cronologia curta). Era filho de Tudália II e irmão de Tudália III.[1] Alcançou fama como um grande guerreiro e estadista, enfrentando com sucesso o então-dominante Império Novo do Egito pelo controle das terras entre o mar Mediterrâneo e o rio Eufrates.[2]

Família[editar | editar código-fonte]

Supiluliuma I era filho de Tudália II e de Daduépa. Tudália III, seu irmão, havia sucedido o pai após a morte dele, mas foi deposto e sucedido por Supiluliuma. Se casou com Henti e depois com Malignal, filha do rei babilônico Burnaburias II, e teve filhos como Arnuanda II, Telepinu, Mursil II e Zananza.

Reinado[editar | editar código-fonte]

Império Hitita em sua maior extensão sob Supiluliuma I.

Após a queda do Antigo Reino, Supiluliuma I reformou as falhas da política do governo, reconquistou as cidades perdidas e estendeu seu reinado até a Anatólia, ao norte da Mesopotâmia e às fronteiras do Egito.[3]

Uma das conquistas do rei hitita era Mitani, quando o rei Tusserata havia se aliado ao rei egípcio Amenófis III. Então, Supiluliuma, sabendo disto, aliou-se ao filho do rei de Mitani Artatama II para se rebelar contra o pai. Tusserata quase teve sucesso ao tentar derrotar o rival, mas o faraó Amenófis III, temendo o poder do rei hitita, retirou seu apoio, fazendo com que os hititas destruam Uasucani, capital de Mitani, e Artatana assassinar seu pai e usurpar o trono.[3]

Supiluliuma faleceu por causa de uma praga que veio dos egípcios, após ter mandado o exército hitita invadir o Egito depois do assassinato do filho mais novo Zananza.[3]

Referências

  1. Collins 2008, p. 58-59.
  2. Burney 2004, p. 257-261.
  3. a b c «Suppiluliuma I». Ancient History Encyclopedia. Consultado em 4 de outubro de 2020 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Burney, Charles (2004). Historical Dictionary of the Hittites. Lanham, Marilândia; Toronto; Oxford: The Scarecrow Press 
  • Collins, Paul (2008). From Egypt to Babylon - The Internacional Age 1550-500 BC. Cambrígia: Cambridge University Press