Tara Nott

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tara Nott
halterofilismo
Nascimento 10 de maio de 1972 (47 anos)
Del Rio, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos americana

Tara Nott (10 de maio de 1972, em Del Rio, Texas) é uma ex-halterofilista americana.

Tara Nott ganhou ouro em halterofilismo nos Jogos Pan-Americanos de 1999, na categoria até 48 kg, sendo esta a primeira edição em que as mulheres foram incluídas nesse evento.

Nos Jogos Olímpicos de 2000, também a primeira edição em que o halterofilismo feminino foi incluído no evento, ela ficou com o ouro, na categoria até 48 kg, com 185 kg no total combinado (82,5 no arranque e 102,5 no arremesso), depois da desclassificação por dopagem bioquímica da búlgara Isabela Dragneva, que levantara 190 kg no total.

No campeonato mundial de 2003 seu sobrenome era grafado como Cunningham.

Quadro de resultados[1][2][3][4]

Ano Posição Competição Classe de peso Marca
1998 6. Campeonato mundial em Lahti -48 kg 167,5 kg (72,5+95)
1999 1. Jogos Pan-Americanos -48 kg 177,5 kg (77,5+100)
1999 9. Campeonato mundial em Atenas -48 kg 175 kg (77,5+97,5)
2000 1. Jogos Olímpicos -48 kg 185 kg (82,5+102,5)
2002 7. Campeonato mundial em Varsóvia -53 kg 185 kg (85+100)
2003 7. Campeonato mundial em Vancouver -48 kg 175 kg (77,5+97,5)
2003 1. Jogos Pan-Americanos -48 kg
2004 10. Jogos Olímpicos -48 kg 172,5 kg (77,5+95)


Em 2015, Tara Nott foi eleita para o Weightlifting Hall of Fame.[5]

Referências

  1. Gottfried Schödl. «World Championships Seniors 1997-2007 and statistics» (PDF) (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 9 de abril de 2011 
  2. «Nott Tara (USA)» (em alemão). iat.uni-leipzig.de. Consultado em 9 de abril de 2011 
  3. «Cunningham, Tara (USA)» (em alemão). iat.uni-leipzig.de. Consultado em 9 de abril de 2011 
  4. «Weightlifting: Pan American Games: women: -48 kg» (em inglês). sports123.com. Consultado em 9 de abril de 2011 
  5. «Hall of Fame member and gold medalist Tara Nott celebrates 45th birthday!» (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 12 de junho de 2019