Teatro Tereza Rachel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Teatro Tereza Rachel é um teatro existente no Rio de Janeiro.

Projetado em 1958 pelo arquiteto Henrique Mindlin, o teatro, localizado no bairro de Copacabana, foi inaugurado em 14 de outubro de 1971 pela atriz que lhe dá o nome, com um show de Gal Costa[1] , em uma temporada de apresentações que seriam registradas no disco ao vivo Fa-Tal - Gal a Todo Vapor. Em seu palco, vários sucessos da dramaturgia brasileira e internacional foram apresentados, entre eles Um Bonde Chamado Desejo, de Tennessee Williams e os musicais Gota d'Água, de Chico Buarque de Hollanda e Paulo Pontes, e A Chorus Line, de Michael Bennett.

Entre os grandes nomes das artes dramáticas que lá se apresentaram, estão Paulo Gracindo, Bibi Ferreira, Marília Pera, Sérgio Brito e Juca de Oliveira, além de músicos e cantores como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Novos Baianos e Luiz Gonzaga..[2]

Usado como espaço para pregações religiosas da Igreja Universal do Reino de Deus entre 2001 e 2008. Em 2004, o teatro foi tombado pela prefeitura do Rio de Janeiro.[2] Entre 2008 e 2011, o espaço foi usado pelos diretores e produtores teatrais Cláudio Botelho e Charles Möeller como local de ensaios e seleções de elenco dos musicais produzidos pela dupla no Rio de Janeiro. [1] Em 2011, foi arrendado pelo produtor cultural Frederico Reder, da Brainstorming Entretenimento. Depois de uma grande reforma, reabriu em 6 de abril de 2012, com o espetáculo Bibi, com Bibi Ferreira e orquestra, no qual a atriz-cantora fez um grande passeio pelos seus 70 anos de carreira, comemorando seus 90 anos de vida, interpretando canções de Amália Rodrigues, Edith Piaf e compositores brasileiros, além de contar histórias dos bastidores do teatro Brasileiro. Tendo a empresa de telecomunicações NET como patrocinadora oficial, passa a se chamar Theatro NET Rio.

Para ampliar o espaço, foram arrendados mais três imóveis (dois antiquários e um estúdio fotográfico), aumentando o teatro de 1.300 metros quadrados para 1.500, com duas salas de espetáculos. A maior, batizada de Sala Tereza Rachel, tem capacidade de 704 lugares, e a menor, Sala Paulo Pontes, conta com 100 lugares.

Referências

  1. a b Nas coxias do Terezão. Página visitada em 31/05/2011.
  2. a b Decreto tomba o Teatro Tereza Rachel. Página visitada em 31/05/2011.