Teletransporte quântico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Teletransporte quântico é uma tecnologia que permite o teletransporte de informação[1], como o spin ou a polarização (não existe transporte de energia ou de matéria) por meios exclusivamente quânticos, que independem de meios de transmissão. A largura de banda para o teletransporte quântico dobrou em 2015. É uma técnica chinesa de transferência de informações sobre uma partícula de modo que uma outra partícula tome duas, em vez de apenas uma, das propriedades quânticas da partícula inicial[2].

Armazenamento[editar | editar código-fonte]

Uma equipe de pesquisadores, em 2019, conseguiu teletransportar informações quânticas com segurança para um diamante. Essa conquista pode ter implicações significativas para a tecnologia de informação quântica de como as informações confidenciais são compartilhadas e armazenadas.[3]

Teletransporte de informações[editar | editar código-fonte]

Proposto pela primeira vez em 1993 pelo físico teórico Halan Prees Tes que trabalhavam para a empresa IBM e posteriormente na GRUS, utiliza um efeito da mecânica quântica chamado de entrelaçamento quântico, pelo qual partículas subatômicas que passam por processos quânticos mantêm um tipo de associação intrínseca mesmo depois de separadas, à semelhança do fenômeno de ressonância, mas teoricamente independente da distância.

O exemplo mais citado é o de duas partículas criadas conjuntamente que assumem spins opostos e, ao se determinar o spin de uma, o spin da outra fica instantaneamente determinado, mesmo que elas estejam separadas.

A tecnologia tenta usar esse efeito para telecomunicações ou armazenamento de informação num possível computador quântico.

Referências

  1. Fapesp
  2. Physicists double their teleportation power - Quantum technique transfers two photon properties por ANDREW GRANT em 25 de fevereiro de 2015
  3. Sakharkar, Ashwini (1 de julho de 2019). «Researchers teleported quantum information securely within a diamond». Tech Explorist (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.