Tentativa de golpe de Estado na Estônia em 1924

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tentativa de golpe de Estado na Estônia em 1924
Data 1 de dezembro de 1924
Local Estônia
Desfecho vitória estoniana
Combatentes
Flag of the Soviet Union (1924–1955).svg Comunistas da Estônia e da Rússia  Estonia
Líderes e comandantes
Jaan Anvelt Friedrich Akel
Forças
279 militantes armados e soldados vermelhos, 56 simpatizantes com 5 metralhadoras leves Thompson, 55 fuzis, 65 granadas de mão, oito artefatos explosivos e 150 pistolas 500-700 soldados e cadetes
Vítimas
125 mortos, 500 presos 26 soldados e cadetes

A tentativa de golpe de Estado na Estônia em 1924 (em estoniano: 1. detsembri riigipöördekatse)[1][2] conduzida pelo Comintern [2] foi uma tentativa fracassada de golpe de Estado na Estônia encenada pelos comunistas (principalmente infiltrados da União Soviética) em 1 de dezembro de 1924[3][4][5]: dos 279 comunistas que participaram ativamente, 125 foram mortos em ação, posteriormente mais de 500 pessoas foram presas. As forças do governo perderam 26 homens.

Durante a ocupação soviética da Estônia de 1940 até a época da Perestroika e Glasnost, na história soviética da República Socialista Soviética Estônia a tentativa de golpe comunista foi referida como Revolta de Tallinn de 1 de dezembro de 1924 contra o jugo do governo da burguesia nacional da Estônia e descrito como um acontecimento da séries da revolução mundial. [6]

Referências

  1. Estonia and the Estonians, Hoover Institution Press, p.15 ISBN 0-8179-2852-9
  2. a b Mike Jones: How Estonia became part of the USSR
  3. Lepp, Jaan. «Kommentaar: 1. detsembri aasta». Eesti Elu 
  4. Salo, Vello. «Vello Salo: aprillitame Jüriöö?». Postimees 
  5. Esna, Olaf. «1924. aasta 1. detsembri võimuhaaramiskatse Pärnus». Pärnu Postimees. Arquivado do original em 12 de abril de 2013 
  6. Kahk, Juhan (1985). History of the Estonian SSR. [S.l.]: Perioodika