Termómetro de Galileu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O termômetro de Galileu.

O termômetro de Galileu é um termômetro que leva o nome do físico italiano Galileu Galilei pela sua descoberta de que a densidade de um líquido, e logo também a força de impulsão por este exercida, depende da temperatura. No início dos anos 1600, Galileu começou a fazer as primeiras observações da temperatura com a invenção desse termômetro.[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

O termômetro de Galileu consiste numa coluna de vidro cheia de um líquido onde se encontram imersos pequenos globos de vidro cheios do mesmo líquido. A densidade efetiva de cada globo é ajustada usando diferentes quantidades de líquido. Deste modo, quando a temperatura ambiente é superior a um dado valor, apresentado numa pequena placa que pende do globo, este flutua no cimo da coluna, caso contrário desce até ao fundo da coluna. Portanto pode estimar-se a temperatura ambiente verificando qual a temperatura máxima indicada pelos globos que flutuam junto ao cimo da coluna. Nestes termômetros, usados sobretudo como decoração, é comum usarem-se por razões puramente estéticas colorantes de diferentes cores dentro dos globos.[carece de fontes?]

Referências

  1. Barry, R.G; Chorley, R.J (2010). Atmosphere, weather and climate (em inglês) 9 ed. (London: Routledge). ISBN 9780415465700. 


Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.