Teste de aceitação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Teste de aceitação é uma fase do processo de teste em que um teste de caixa-preta é realizado num sistema antes de sua disponibilização. Tem por função verificar o sistema em relação aos seus requisitos originais, e às necessidades atuais do usuário.[1] É geralmente realizado por um grupo restrito de usuários finais, num ambiente parecido com o deles. Há três estratégias de implementação de testes de aceitação: a aceitação formal, a aceitação informal (ou teste alfa) e o teste beta.

Referências

  1. MYERS, 2004, p. 144

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • MYERS, Glenford J. John Wiley & Sons, ed. The Art of Software Testing. 2004 2 ed. Nova Jérsei: [s.n.] ISBN 0-471-46912-2 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.