Texto simples

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Texto plano)
Ir para: navegação, pesquisa
Arquivo de texto de "O Lado Humano da Animais", de Royal Dixon, exibido pelo comando cat em uma janela de console.
Disambig grey.svg Nota: Para o significado em criptografia, veja Purotexto.

Em computação, texto simples ou texto puro[1] é o conteúdo de um arquivo sequencial ordinário legível como material textual sem muito processamento. Texto puro é diferente do texto formatado, onde informações de estilo são incluídas e "arquivos binários" nos quais algumas porções devem ser interpretadas como objetos binários (inteiros codificados, números reais, imagens, etc.).

A codificação tradicionalmente tem sido ASCII, um de seus muitos derivados como ISO/IEC 646 e etc., ou algumas vezes EBCDIC. Codificações baseadas em Unicode como UTF-8 e UTF-16 estão gradualmente substituindo antigos derivados do ASCII limitados a códigos de 7 ou 8 bits.

Mesmo sendo um formato simples, todos os compiladores das linguagens de programação e os programas que interpretam linguagens de marcação utilizam textos planos.[2]

O termo é também usado em criptografia para se referir a qualquer informação legível ou que possa ser usada diretamente por algum dispositivo eletrônico ou programa de computação. Ao ser submetido ao processo de criptografia o texto plano é convertido em algo não-inteligível, chamado de texto cifrado.

Referências

  1. Insituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo. «Notas sobre escrita de textos na área de Sistemas de Computação na língua de Camões». Consultado em 12 de junho de 2014 
  2. ACM, : (November 1987). «Markup systems and the future of scholarly text processing». Communications of the ACM. 30 [S.l.: s.n.] p. 933–947. doi:10.1145/32206.32209 
Ícone de esboço Este artigo sobre computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.