The Party (filme de 2017)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sally Potter com o elenco do filme no 67º Festival Internacional de Cinema de Berlim: Timothy Spall, Patricia Clarkson, Cillian Murphy, Sally Potter, Bruno Ganz, e Kristin Scott Thomas

The Party (A Festa no Brasil[1][2]) é um filme britânico de comédia de 2017, escrito e dirigido por Sally Potter.[3] O filme apresenta um conjunto de apenas sete atores: Patricia Clarkson, Bruno Ganz, Emily Mortimer, Cherry Jones, Cillian Murphy, Kristin Scott Thomas e Timothy Spall.

Foi selecionado para competir pelo Urso de Ouro na principal seção de competição do 67º Festival Internacional de Cinema de Berlim[4] e recebeu o Guild Film Prize.[5] O filme recebeu críticas positivas dos críticos.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Janet, uma política do partido da oposição, acaba de ser anunciada como ministra para a saúde do gabinete paralelo e está tendo uma pequena festa de comemoração em sua casa. Os convidados são seus amigos April, com seu distante parceiro alemão Gottfried, um treinador de vida e autoproclamado curandeiro espiritual, Martha, professora de Estudos da Mulher, com sua parceira Jinny, uma renomada chef, e a colega de Janet, Marianne, com o marido Tom, um banqueiro.

Antes de a festa começar e mesmo depois da chegada dos convidados, o marido de Janet, Bill, senta-se na cadeira, ouvindo música, olhando vagamente e bebendo vinho. Todos os convidados vêm, com exceção de Marianne, que Tom diz que chegará mais tarde. Tom está extremamente nervoso e imediatamente se tranca no banheiro, onde ele cheira um pouco de cocaína, examina uma arma que ele trouxe consigo e se encoraja no espelho.

Enquanto a festa está em andamento, Janet está trocando telefonemas secretos e mensagens com um amante.

Depois de April, que continuamente deprecia e insulta Gottfried, fazer um brinde por Janet, Martha e Jinny anunciam que Jinny está grávida de três filhos. Isto é imediatamente seguido por Bill anunciando que ele acaba de ser informado pelo seu médico que ele está doente terminal. Gottfried diz a ele que a medicina moderna não deve ser acreditada e que, ao se tornar espiritual, Bill pode ter uma chance de sobreviver. Bill, um conhecido intelectual ateísta, parece vacilar em seu compromisso com suas crenças e começa a ouvir Gottfried.

Janet diz que vai se demitir de seu cargo de ministro das sombras e vai cuidar de Bill, mas ele anuncia que ele está deixando-a por Marianne, um fato que Tom também aprendeu mais cedo neste dia. Depois de repreender Bill, Tom vai para o quintal, onde ele joga sua arma no caixote do lixo.

Enquanto Jinny e Martha estão falando sobre o futuro e a maternidade, Martha patrocina Jinny, que, profundamente magoada, diz a Martha que ela vai deixá-la. Isso leva Martha a confessar a Jinny que ela teme o que vai acontecer e a pedir que Jinny fique com ela.

Quando Janet joga alguma coisa no lixo, ela percebe a arma que Tom jogou fora e leva com ela, trancando-se no banheiro e escondendo a arma lá. Ela deixa April entrar e eles falam sobre o que aconteceu. Abril, que tem sido cínico o tempo todo, é convidado a falar honestamente por Janet e diz a ela que ela está orgulhosa de suas realizações.

Gottfried tenta ajudar e treinar Tom e Bill, mas suas discussões aumentam quando Bill fala do amor que Marianne e ele compartilham. Isso leva Tom a socá-lo no rosto, deixando-o com frio. Gottfried e Tom temem que Tom tenha matado Bill e eles tentem procurar ajuda dos outros. Eles buscam Janet no banheiro, justamente quando ela estava começando a contar a April um segredo. Janet consegue ressuscitar Bill, que olha nos olhos dela e pergunta "como chegou a isso?" Naquele momento, a campainha toca, com todo mundo esperando que seja Marianne. Janet corre para o banheiro, pega a arma, corre para abrir a porta, aponta a arma para o visitante, que é invisível para o público, e exclama: "Você me disse que me amava! Sua traidora!" - antes de a tela ficar toda escura.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. A Festa, AdoroCinema
  2. A Festa, CinePlayers
  3. Barraclough, Leo (15 de junho de 2016). «Patricia Clarkson, Bruno Ganz, Kristin Scott Thomas to Star in Sally Potter's 'The Party'». Variety. Penske Business Media. Consultado em 15 de dezembro de 2016 
  4. Press Office (15 de dezembro de 2016). «Aki Kaurismäki, Oren Moverman, Agnieszka Holland, Andres Veiel, and Sally Potter – First Films for the Competition of the Berlinale 2017». Berlin International Film Festival. Consultado em 15 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 5 de março de 2017 
  5. «Prizes of the Independent Juries». berlinale.de. Consultado em 23 de maio de 2018. The jury of the “Guild Film Prize” is composed of three members who run cinemas and are members of the AG Kino - Gilde e.V. (association of German Art House Cinemas). The jury awards its prize to a film screened in the Competition. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre entretenimento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.