Tomás Hamilton, 1.º Conde de Haddington

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tomás Hamilton, 1.º Conde de Haddington
Nascimento 1563
Morte 29 de maio de 1637
Progenitores
  • Thomas Hamilton, Lord Priestfield
  • Elizabeth Heriot
Cônjuge Margaret Foulis, Julian Kerr, Margaret Borthwick
Filho(s) Thomas Hamilton, 2nd Earl of Haddington, Lady Jean Hamilton, Lady Christian Hamilton, Lady Isabel Hamilton, Lady Margaret Hamilton, Sir James Hamilton, Sir John Hamilton, Lady Jean Hamilton, Robert Hamilton
Ocupação juiz, advogado, político

Tomás Hamilton, 1.º Conde de Haddington (em inglês: Thomas Hamilton; 1563 - 29 de maio de 1637), designado antes de sua nobreza como "de Drumcarny, Monkland e Binning", foi um administrador escocês, lorde advogado, juiz e lorde tenente de Haddingtonshire.

Família[editar | editar código-fonte]

O filho de Tomás Hamilton de Priestield, um juiz do Tribunal de Sessão como Lorde Prestonfield, com sua primeira mulher Elizabeth, filha de James Heriot de Trabroun, Haddingtonshire.[1] Seu irmão mais novo era Andrew Hamilton, Lord Redhouse.

Tomás foi educado em Paris. Ele ficou conhecido como Tomás Hamilton de Drumcarny.

Referências

  1. «Person Page». www.thepeerage.com. Consultado em 5 de abril de 2021