Trauma oclusal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cavidade bucal vista em corte sagital

O Trauma oclusal, no contexto da odontologia, é definido como alterações patológicas que ocorrem no periodonto de sustentação devido às forças excessivas produzidas durante a mastigação podendo lesar os tecidos periodontais, polpa dentária, articulação temporomandibular, além dos próprios músculos da mastigação.[1]

Características clínicas[editar | editar código-fonte]

Características radiográficas[editar | editar código-fonte]

Aumento do espaço do ligamento periodontal visível nos molares mandibulares
  • Aumento do espaço do ligamento periodontal
  • Alterações no trabeculado ósseo
  • Cálculos pulpares
  • Reabsorção radicular
  • Alteração de continuidade da lâmina dura

Sinonímia[editar | editar código-fonte]

  • Oclusão traumática
  • Traumatismo periodontal
  • Oclusão traumatogênica

Referências

  1. PILLON, Flávio; et al; Bases Conceituais em Periodontia - Editora da Ulbra - 2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Odontologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.