Tsantsa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cabeça reduzida em exposição no Pitt Rivers Museum de Oxford. Este exemplar foi encontrado na região amazônica.

Uma cabeça encolhida, também chamada Tsantsa,[1] é uma cabeça humana cortada e especialmente preparada que é usada para propósitos de troféu, ritual ou comércio.

O Headhunting ocorreu em muitas regiões do mundo, mas a prática de headfrushing foi documentada apenas na região noroeste da floresta amazônica.[2] O povo que mais se destacou pela prática foram os Shuaras, também chamados "jívaros".[1]

Referências

  1. a b «Tsantsa. Reducción de cabezas y rituales consecuentes.». Consultado em 20 de octubre de 2016.  Parâmetro desconhecido |sitioweb= ignorado (|website=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «National Geographic: Images of Animals, Nature, and Cultures». nationalgeographic.com. Arquivado do original em 30 de dezembro de 2011 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.