Tungstato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estrutura do ortotungstato

Em química, um tungstato ou volframato é um composto que contém o oxianião de tungsténio ou que é um óxido misto contendo tungsténio. O mais simples ião de tungstato é WO42−, "ortotungstato".[1] Existem muitos outros iões de tungstato que contêm mais do que um átomo de tungsténio e que pertencem a um grande grupo de iões poliatómicos chamados polioxometalatos ("POMs"), e especificamente designados isopolioxometalatos por conterem, além de oxigénio e talvez hidrogénio, apenas um outro elemento. Comparando o tungsténio com os outros elementos do grupo 6, os grandes iões tungstato geralmente contêm átomos de metal com número de coordenação 6 como no caso do molibdénio (molibdatos) e em contraste com o crómio (cromatos) em que a coordenação 4 predomina.[1]

Alguns exemplos de iões tungstato que foram detectados em solução no estado sólido incluem[2]:

  • HWO4 [2]
  • iões W2O72− poliméricos com várias estruturas em Na2W2O7, Li2W2O7 e Ag2W2O7[3]
  • [W7O24]6− (paratungstato A)[2]
  • [W10O32]4− (tungstato Y)[4]
  • [H2W12O42]10− (paratungstato B) [2]
  • α-[H2W12O40]6− (metatungstato)[4])
  • β-[H2W12O40]6− (tungstato X)[4])

Ver categoria dos tungstatos para uma lista de tungstatos.

Ocorrência[editar | editar código-fonte]

Os tungstatos ocorrem naturalmente com os molibdatos. A powellite é uma forma mineral de molibdato de cálcio que contém uma quantidade de tungstato, e a scheelite é uma forma mineral de tungstato de cálcio que contém uma pequena quantidade de molibdato. A volframite é um tungstato de manganês e ferro, e todos eles são fontes valiosas de tungsténio.

Propriedades químicas e físicas[editar | editar código-fonte]

As soluções dos tungstatos, como as dos molibdatos, produzem soluções intensamente azuis de complexo tungstato (V,VI) análogas aos azuis de molibdénio quando reduzidos pela maioria dos materiais orgânicos.[1]

Os tungstatos podem também ser usados como agentes oxidantes na oxidação do cicloexeno. O tungstato pode ser constantemente regenerado pela presença do peróxido de hidrogénio.

Ao contrário do cromato, o tungstato não é um bom oxidante, mas tal como o cromato, polimeriza em ácidos e despolimeriza em soluções alcalinas.

Referências

  1. a b c Egon Wiberg, Arnold Frederick Holleman (2001) Inorganic Chemistry, Elsevier ISBN 0123526515
  2. a b c d Greenwood, Norman N.; Earnshaw, Alan (1997). Chemistry of the Elements 2nd ed. Oxford: Butterworth-Heinemann. ISBN 0080379419 
  3. Wells A.F. (1984) Structural Inorganic Chemistry 5th edition Oxford Science Publications ISBN 0-19-855370-6
  4. a b c Jon A. McCleverty, N. G. Connelly,Nomenclature of inorganic chemistry II: recommendations 2000, International Union of Pure and Applied Chemistry Commission on the Nomenclature of Inorganic Chemistry, Published by Royal Society of Chemistry, 2001, ISBN 0854044876
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.