Uma Professora muito Maluquinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Erro de citação: Elemento <ref> inválido; refs sem parâmetro de nome devem ter conteúdo associadoDona Catarina (Paolla Oliveira),é nascida em uma cidadezinha do interior, fora para a cidade grande, mas com o tempo, retornou para a sua cidade de origem para lecionar. Vive com sua tia, seu tio o Monsenhor(até ele morrer), e seu primo (Padre Beto). O filme se passa na década de 40. Dona Cat é uma mulher linda, com traços delicados, sorriso solto, mais parecia um anjo: *"Na nossa imaginação ela entrava voando pela sala (como um anjo) e tinha estrelas no lugar do olhar. Tinha voz e jeito de sereia e vento o tempo todo nos cabelos (na nossa imaginação). Seu riso era solto como um passarinho. Ela era uma professora inimaginável. Para os meninos ela era uma artista de cinema. Para as meninas, a Fada Madrinha" *" Todas as meninas quiseram ser lindas como ela e todos os meninos quiseram crescer na mesma hora para poder casar com ela". Estava sempre com lindos vestidos coloridos, os cabelos soltos, e um sorriso no rosto. ela era uma pessoa sempre feliz, gostava de ler romances, sonhava em encontrar o amor verdadeiro, como em um conto de fadas. a cidade, era muito fiel ao tradicional, então a modernidade da professora, e o modo com que ela lecionava, não agradou as professoras, mas sim aos alunos. as moças da cidade não gostava dela (em maior parte) porque todos os moços sonhavam em tela em seus braços. ao final da história, ela fugiu com o namorado(não foi o boêmio, não foi o valentino,não pedro poeta, não se sabe quem foi), apos ser afastada da escola pelas outras professoras. por:Maria Eduarda