Vandalário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vandalário
Etnia Grutunga
Progenitores Pai: Vinitário
Vultulfo (?)
Cônjuge ?
Filho(s) Valamiro
Videmiro
Teodomiro
Ocupação nobre e líder militar

Vandalário (em latim: Vandalarius) foi, segundo Jordanes, um nobre grutungo da dinastia dos Amalos que em data incerta derrotou os vândalos. Era filho de Vinitário, o filho de Valaravano e respectivamente sobrinho-neto e bisneto dos reis Hermenerico e Aquiulfo, e primo de Torismundo, o filho de Hunimundo, o Jovem. Com sua esposa de nome incerto teve os futuros reis Valamiro, Videmiro e Teodomiro;[1] era avô paterno do futuro rei ostrogótico Teodorico, o Grande (r. 474–526).[2][3]

Arne Søby Christensen em sua obra afirma que autores modernos identificam-o com o Viderico da narrativa de Amiano Marcelino, inclusive alegando que os nomes poderiam ser unidos para formar Viderico Vandalário, significando "Viderico, lutador de vândalos". [4] Segundo Hyun Jin Kim, ele deveria ser identificado com o filho de nome desconhecido do huno Uldino, que ca. 405 ajudou-o a derrotar os vândalos. Segundo essa teoria, Vandalário na verdade seria filho de Vultulfo, irmão de Hermenerico, aqui associado ao cã Uldino.[5]

Referências

  1. Christensen 2002, p. 274.
  2. Christensen 2002, p. 136.
  3. Martindale 1980, p. 1148-1149.
  4. Christensen 2002, p. 146.
  5. Kim 2013, p. 111-112.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Christensen, Arne Søby (2002). Cassiodorus, Jordanes and the History of the Goths: Studies in a Migration Myth. Copenhague: Museum Tusculanum Press. ISBN 8772897104 
  • Kim, Hyun Jin (2013). The Huns, Rome and the Birth of Europe. Cambridge: Cambridge University Press. ISBN 1107067227 
  • Kulikowski, Michael (2007). Rome´s Gothic Wars: from the third century to Alaric. Cambridge: Cambridge University Press 
  • Martindale, J. R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1980). The prosopography of the later Roman Empire - Volume 2. A. D. 395 - 527. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press