Vilage no Samba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Village no Samba)
Ir para: navegação, pesquisa
Vilage no Samba
Desfile em Nova Friburgo.jpg
Fundação 23 de setembro de 1948 (69 anos)
Escola-madrinha Império Serrano
Cores

Verde

Branco
Presidente Bruno Lannes
Presidente de honra Rogério Faria
Carnavalesco Comissão de Carnaval
Comissão de carnaval Jeferson Lima, Jotinha, Marcelo Cintra, Carlos Renato Andrade, Bruno, Vinicius, Lucas.
Intérprete oficial Niu Souza
Diretor de carnaval Bruno Lannes
Diretor de harmonia Felipe
Diretor de bateria Rodrigo Vidal
Rainha da bateria Helen Santos
Mestre-sala e porta-bandeira Betão e Alexandra
Coreógrafo Monara Costa
Desfile de 2018

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Vilage no Samba é uma escola de samba de Nova Friburgo, no estado do Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 23 de setembro de 1948, por um grupo de dessidentes com a expulsão sumária de um ensaio de escola de samba, sendo esse grupo formado por Leônidas, Nelson, Avelar, Estrangeiro, Tião, Eliude , Onofre Rodrigues dentre outros.

Leônidas, um dos dessidentes, sugeriu a águia como símbolo da escola e a sugestão foi prontamente aprovada pela primeira diretoria. Os fundadores da Vilage criaram a mística que os sambistas devem desfilar com garbo, altivez, coragem, nobreza e a precisão de uma águia. Em seu primeiro desfile, em 1949, sagrou-se campeã.

No carnaval de 2009, com novo carnavalesco tentou um título no carnaval Friburguense e conseguiu. Com seu enredo "Os batuques do morro queimado" suas notas de todos os jurados e quesitos foram 10. Já em 2010, com o enredo "A Saga de José: Rei dos Sonhos, principe da fé", a verde e branco do bairro Vilage amargou um vice-campeonato muito disputado com a campeã Unidos da saudade. Após o carnaval, Valdemir asumiu a presidência da escola, no lugar de Marcelo Cintra.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Carlos Renato de Andrade 2013 - ?
Cristiano Wilhelmi ? - ? [1]
Bruno Lannes 2016- atualidade [2]

Presidentes de honra[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Rogério Faria ? - ?

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Jeferson Lima Paulão Riquinho e Arilson
2015 Cristiano Wilhelmi Paulão Leandro Miele
2016 - 2017 Bruno Lannes Felipe Marcus Vinícius [2]
2017 Bruno Lannes Felipe Rodrigo Vidal

Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2009 Betão e Alexandra [3]
2015/2016 Erica e Bruno [4]
2017 Betão e Alexandra

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2009 Monara Costa [3]
2016 Monara Costa
2017 Monara Costa

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Musa Ref.
2014 Thaiane Rocha -
2016 Helen Santos - Pâmela Jordão [4]
2017 Helen Santos - [2]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vilage no Samba

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Vilage no Samba
Ano Colocação Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
2007 3º lugar Quem somos nós? De onde viemos? E para onde vamos afinal? Comissão de carnaval Monstrinho
2008 Campeã Decifra-me ou te devoro Comissão de Carnaval Monstrinho [5]
2009 Campeã Os batuques do morro queimado Leandro Barboza Monstrinho [6][7]
2010 Vice-campeã A Saga de José: Rei dos Sonhos, príncipe da fé Leandro Barbosa Monstrinho [8]
Não ocorreu desfile em 2011. [9]
2012 Vice-campeã Filhos do faz de conta Comissão de Carnaval
(Leandro Barbosa, Jefinho, Jotinha, Zumar, João Popo e Gildo)
Monstrinho [10][11]
2013 Vice-campeã Vem ver a Vila passar cantando coisas de amor Leandro Barboza Monstrinho [12]
2014 Aguardando Definição Judicial Rosas Negras Leandro Barboza Nêgo [13][14][15]
2015 Não desfilou
2016 Vice-campeã Rota das especiarias

Compositores:Victor Alves, Jorge Goulart e João Coreia

Leandro Barboza Nego Roger [2][4]
2017 Terceiro Lugar A fascinante viagem da águia pelos mistérios que o homem não decifrou  Márcio Venâncio Niu Souza
Samba-enredo de 2012

Referências

  1. [1]
  2. a b c d [2]
  3. a b [3]
  4. a b c Especial Carnaval: Alunos do Samba e Vilage no Samba. Publicado em Quinta, 04 Fevereiro 2016
  5. David Massena (15 de fevereiro de 2013). «Em Foco - Especial de Carnaval - 15/02/2013». A Voz da Serra. Consultado em 14 de abril de 2013 
  6. «Vilage anuncia o samba para 2009». A Voz da Serra. 13 de outubro de 2010. Consultado em 14 de abril de 2013 
  7. «Vilage no Samba ganha o segundo bicampeonato». A Voz da Serra. 26 de fevereiro de 2009. Consultado em 14 de abril de 2013 
  8. «Vilage se inspira na bíblia para reverenciar José, um poderoso no Egito através da fé». A Voz da Serra. 18 de fevereiro de 2010. Consultado em 14 de abril de 2013 
  9. «Carnaval oficial é cancelado em Teresópolis e Nova Friburgo, no RJ». G1. Olhar Direto. 30 de janeiro de 2011. Consultado em 14 de abril de 2013 
  10. «Unidos da Saudade fatura o bicampeonato no carnaval friburguense». Prefeitura de Nova Friburgo. 23 de fevereiro de 2012. Consultado em 14 de abril de 2013 
  11. «Faz de conta vira realidade no carnaval da Vilage no Samba». A Voz da Serra. 16 de fevereiro de 2012. Consultado em 14 de abril de 2013 
  12. «Escolas de samba encantam público em Nova Friburgo, RJ». G1. 12 de fevereiro de 2013. Consultado em 14 de abril de 2013 
  13. Nova Imprensa (6 de março de 2014). «Rosas Negras se espalharam no desfile da Vilage». Consultado em 6 de abril de 2014 
  14. A Voz da Serra (15 de novembro de 2013). «Carnaval 2014: as "Rosas Negras" da Vilage vêm aí...». Consultado em 6 de abril de 2014 
  15. Prefeitura de Nova Friburgo (5 de março de 2014). «Vilage no Samba é a grande campeã do Carnaval de Nova Friburgo». Consultado em 6 de abril de 2014