Visconde de Lindoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Visconde de Lindoso
Criação D. Luís I
27 de Outubro de 1863
Tipo Vitalício – 1 vida
1 renovação
1.º Titular João Peixoto da Silva Almeida Macedo e Carvalho
Linhagem Peixoto da Silva Almeida Macedo e Carvalho
Actual Titular Extinto
elevado a Conde

Visconde de Lindoso é um título nobiliárquico criado por D. Luís I de Portugal, por Decreto de 27 de Outubro de 1863, em favor de João Peixoto da Silva Almeida Macedo e Carvalho, antes Alcaide-Mor Honorário do Castelo de Lindoso e depois 1.º Conde de Lindoso e 1.º Marquês de Lindoso.[1]

Titulares
  1. João Peixoto da Silva Almeida Macedo e Carvalho, 1.º Visconde, 1.º Conde e 1.º Marquês de Lindoso;
  2. Gonçalo Manuel Peixoto da Silva Almeida Macedo e Carvalho, 2.º Visconde de Lindoso.

Referências

  1. "Nobreza de Portugal e do Brasil", Direcção de Afonso Eduardo Martins Zúquete, Editorial Enciclopédia, 2.ª Edição, Lisboa, 1989, Volume Segundo, p. 688