Vladimir Vagner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vladimir Vagner
Vladimir Vagner portrait.jpg
Biografia
Nascimento
Morte
Sepultamento
Nome nativo
Владимир Александрович ВагнерVisualizar e editar dados no Wikidata
Cidadanias
Alma mater
Faculty of Physics and Mathematics of Moscow Imperial University (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Atividades
Outras informações
Empregador
Universidade Estatal de São Petersburgo, Q4525110, Imperial Commercial College (en), Oceanological Observatory of Villefranche-sur-Mer (en), Sevastopol Biological Station (d), Bekhterev Research Institute (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Cátedra
Professor (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Áreas de trabalho
Zoologia, zoopsychology (d)Visualizar e editar dados no Wikidata

Vladimir Vagner, (1849-1934) licenciado em zoologia, passou o verão de 1891 em Bogimovo, perto de Aleksin, onde conheceu Anton Tchecov. De acordo com Michail Tchecov, este recém-licenciado e defensor do darwinismo-social que escrevia na altura uma tese de habilitação, passou várias noites em acesos debates com Anton Tchecov. As impressões destes encontros fluiram no romance de Tchecov o duelo, onde as ideias de vagner aparecem espelhadas na figura do romance "von Koren" (também um zoólogo).[1]

Relato do irmão[editar | editar código-fonte]

Michail Tchecov resumiu assim a discussão entre Vagner e Tchecov: "Vagner afirmava: quando a degeneração tiver começado, então não há retorno, pois a Natureza não é para brincadeiras. Tchecov respondia: por muito grande que essa degeneração possa ser, ela pode sempre ser ultrapassada através de força de vontade e através da educação".

Possivelmente será esta determinação que move a figura do romance "Laevski" a procurar uma saída.

Referências

  1. «Vladimir Vagner». BNF (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.