William Binney

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William E. Binney
Binney no Congresso de Privacidade e Vigilância (2013) da École polytechnique fédérale de Lausanne.
Nascimento 1944 (71 anos)
Pensilvania, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Ocupação considerado um dos melhores Matemáticos e criptoanalistas na História da NSA; trabalhou para a Agência por 32 anos.[1]

William Edward Binney[2] é um ex-alto oficial de inteligência, tendo trabalhado por mais de 30 anos para a Agência de Segurança Nacional (NSA).[3]

Binney é matemático especialista em criptografia sendo considerado um dos melhores matemáticos e criptoanalistas da história da NSA.[4] [5]

Se demitiu em 31 de Outubro de 2001, devido ao que ele concluiu serem atividades de corrupção dentro da NSA relacionadas aos projetos de nome ThinTread[6] e TrailBlazer[5] e o Stellar Wind.

A partir dai, passou a procurar meios de comunicar as autoridades americanas as irregularidades dos programas que a NSA estava implantando. Contactou membros do Senado e do Legislativo sem sucesso.[7] Tornou-se um dos primeiros denunciantes dos programas de vigilância global da NSA.

William Binney antes da entrevista para Democracy Now! New York, 4 de Maio de 2012- Foto por Jacob Appelbaum, ativista e especialista em segurança computacional

Primórdios do PRISM (programa de vigilância)[editar | editar código-fonte]

Binney relata que o propósito original do projeto ThinThread era dirigido para coleta de sinais de inteligência de países no exterior, fora dos Estados Unidos. Mas, afirmou Binney, após o ataque de 11 de setembro de 2001 aos Estados Unidos, controles que limitavam coleta de dados de cidadãos norte-americanos foram removidos, o que levou as preocupações por ele e outros que as ações eram ilegais e inconstitucionais. Binney alegou que a instalação em Bluffdale foi projetada para armazenar uma ampla gama de comunicações domésticas, além das vindas do exterior, para mineração de dados sem autorização judicial.[8] .

Represália pela NSA[editar | editar código-fonte]

Enfrentou a inúmeras ações de intimidação pela NSA e pelo FBI,incluindo a invasão de sua casa, em 2007, por agentes do FBI com armas apontadas para sua família.[9]

Ele continua a falar em publico sobre os programas de vigilância e apos as revelações de Edward Snowden em 2013, suas acusações foram confirmadas nos documentos revelados. Em ação na Justiça, Binney testemunhou que a NSA vem deliberadamente violando a Constituição Americana.[7] [10]

Mapa da coleta de dados global[11] pela NSA

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1] Assista o documentário "O Programa" - Em inglês - The National Security Agency’s Domestic Spying Program - NYTimes.com
  2. Video de Entrevista (ingles)Thomas Drake (2011-10-26). William Edward Binney Collection (Video; 25 Min) Veterans History Project American Folklife Center of the Library of Congress. Visitado em 2013-06-29.
  3. Tres denunciantes da NSA, com ajuda da EFF, entram com Açāo na Justiça contra NSA Electronic Frontier Foundation (2 de Julho de 2012). Visitado em May 11, 2013.
  4. The New Yorker: - The Secret Sharer The New Yorker, 23 de maio de 2011, por Jane Mayer - data de acesso: 18 de fevereiro de 2015
  5. a b NYTimes.com: The Program - Video The New York Times, 23 de maio de 2011 - data de acesso: 18 de fevereiro de 2015
  6. commondreams.org: NSA Killed System That Sifted Phone Data Legally
  7. a b Democracy Now!: Whistleblower: The NSA Is Lying–U.S. Government Has Copies of Most of Your Emails | Democracy Now!
  8. NYTimes.com: Officials Say U.S. Wiretaps Exceeded Law - NYTimes.com
  9. [2] NSA Esta Mentindo . Ela tem copia dos seus e-mails - 20 de Abril de 2012 - Democracy Now!
  10. [3] William Binney em Entrevista (transcrita em espanhol) 23 de Abril de 2012 - Democracy Now!
  11. O Globo: Mapa mostra volume de rastreamento do governo americano - O Globo