Zoltán Decleva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Zoltán Decleva
Vitéz Decleva Zoltán,jpg.png
Dados pessoais
Nascimento 30 de julho de 1887 Dolné Semerovce, Reino da Hungria, Áustria-Hungria Império Austro-Húngaro (atual Eslováquia)
Morte 17 de julho de 1950 (62 anos) Budapeste, República Popular da Hungria República Popular da Hungria (atual Hungria)
Cônjuge Isabel Henriqueta da Áustria
Vida militar
Força Áustria-Hungria Áustria-Hungria
Reino da Hungria (1920-1946) Reino da Hungria (1920-1946)
Hierarquia Tenente-general
Comandos Terceiro Exército húngaro
Batalhas Primeira Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Honrarias Ordem do Mérito da Hungria
Ordem de Vitéz (postumamente)

Zoltán Decleva (Dolné Semerovce, 30 de julho de 1887Budapeste, 17 de julho de 1950) era um oficial militar húngaro que serviu como Comandante do Terceiro Exército húngaro durante a Segunda Guerra Mundial.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Zoltán Decleva nasceu em 30 de julho de 1887 em Dolné Semerovce, na província da Baixa Áustria, do Império Austro-Húngaro (atual Eslováquia). Pertencia à uma nobre família empobrecida, cujas origens remontam a Joannes Decleva, filho ilegítimo de João II, Duque de Cleves com uma húngara de origem judia.[1]

Após se formar na Escola de Forças de Defesa de Pécs, ele serviu em 1906 no 19º Regimento da Infantaria do Exército em Pécs. Na Primeira Guerra Mundial, durante 42 meses, ele lutou na frente de batalha.

Foi casado morganaticamente com a arquiduquesa Isabel Henriqueta da Áustria (1883-1958), irmã do arquiduque José Augusto da Áustria, regente da Hungria entre 1918 e 1919.[2] Sua esposa era simpática a invasão nazista na Hungria.[3] Isabel Henriqueta morreu em 1958 na cidade de Ratisbona, na Alemanha Ocidental aos 74 anos. Seu túmulo não faz menção ao marido.[2]

O arquiduque José Augusto junto ao Exército Real Húngaro em 1944 (Zoltán é o primeiro no canto direito).
Zoltán Decleva

Em 1923, ele se formou na Academia Militar de Budapeste. De 15 de novembro de 1927 a 1 de maio de 1931, ele foi assistente do comandante-chefe das Forças de Defesa. Em 1 de agosto de 1933, tornou-se chefe da 1ª Brigada Húngara. Em 1936 foi nomeado chefe do Departamento do Ministério da Defesa.[4] Ele também foi vice-chefe do Estado-Maior das Forças de Defesa a partir de 1 de novembro de 1938, em janeiro do mesmo ano foi feito General. Com a reorganização das Forças de Defesa em 1938, foi nomeado vice-chefe do Estado-Maior das Forças de Defesa e ao mesmo tempo secretário geral do Conselho Supremo de Defesa. Em 1 de março de 1940 foi comandante do Terceiro Exército húngaro durante a Segunda Guerra Mundial, servindo a partir 1 de setembro do mesmo ano como tenente-general. Ele tomou parte ativa na libertação da Transilvânia e na recaptura do sul.

Foi nomeado Secretário Geral em 1 de outubro de 1942. Em 17 de dezembro de 1943 foi nomeado um Conselheiro Real Privado de Miklós Horthy, regente real da Hungria. Em março de 1944 foi condecorado com a Cruz da Ordem do Mérito da Hungria. Seu filho László, após a queda de Miklós Horthy, o qual era apoiador, partiu para o exílio em Portugal e, posteriormente para o Brasil.[5] Seu filho mais novo Ferenc Vitéz Decleva (1942-2016), filho de Zoltán com mãe desconhecida, tornou-se capitão do condado de Baranya, coronel da Guarda Nacional Húngara e um membro dos Cavaleiros de São Jorge.[6]

Zoltán Decleva morreu em 17 de julho de 1950 em Budapeste. Em 2004, ele foi agraciado postumamente com a Ordem de Vitéz.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Zoltán Decleva

Notas

  1. «Die Chroniken der deutschen Städte: Erster Band: Dortmund, Neuss». Consultado em 23 de fevereiro de 2019 
  2. a b Alphons Lhotsky, Das Haus Habsburg (1971)
  3. Nazi Women: Hitler's Seduction of a Nation, Cate Haste, Channel 4, 2001
  4. Lista de Departamentos de do Ministério do Interior por Leveldi Kozma (em húngaro). (Zoltán Decleva está listado na página 5).
  5. Das Memórias Anotadas do Almirante Miklós Horthy Arquivado em 14 de agosto de 2014, no Wayback Machine. (Consultado em 5 de setembro de 2009).
  6. Elhunyt vitéz Decleva Ferenc székkapitány 2016.07.21. (em húngaro).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]