Algernon Charles Swinburne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Algernon Swinburne, retrato por William Bell Scott

Algernon Charles Swinburne (Londres, 5 de Abril de 1837 - Londres, 10 de Abril de 1909) foi um poeta, dramaturgo, romancista e crítico inglês da época vitoriana, conhecido pela controvérsia gerada no seu tempo pelos seus temas sadomasoquistas, lésbicos, fúnebres e anti-religiosos. Algernon foi indicado para o Prêmio Nobel de Literatura por vários anos do início do século XX[1] .

Escreveu vários romances, entre eles o livro "Flossie, a Vênus de Quinze Anos" de 1897[2] , e contribuiu para a famosa décima primeira edição da Encyclopædia Britannica.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.