Baía Hope

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa da Península Antártica e ilhas associadas; a Baía Hope está indicada com a letra (A).
Base Esperanza na Baía Hope (Dezembro de 2004).

A baía Hope é uma baía situada na Península Trinity, na Antártida. Tem 5 km de comprimento e 3 km de largura. A baía foi descoberta em 15 de janeiro de 1902 durante a Expedição Antártica Sueca liderada por Otto Nordenskiöld, que lhe atribuiu o nome em homenagem ao inverno que J. Gunnar Andersson, S.A. Duse, Toralf Grunden e José Maria Sobral, membros da expedição, lá passaram, depois de o seu navio, Antarctic, ter sido esmagado pelo gelo. As ruínas de um abrigo em pedra construído pelos membros da expedição ainda lá podem ser vistas.

A antiga Base Britânica "D" foi instalada nesta baía em 1945. Sofreu um incêndio em 1948 e encerrou em 1964. A 8 de dezembro de 1997, a British Antarctic Survey transferiu a base para o Uruguai, que lhe atribuiu outra designação: Estación Científica Antártica Ruperto Elichiribehety (ECARE).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Antarctica. Sydney: Reader's Digest, 1985, p. 156-157.
  • Child, Jack. Antarctica and South American Geopolitics: Frozen Lebensraum. Nova Iorque: Praeger Publishers, 1988, p. 73.
  • Lonely Planet, Antarctica: a Lonely Planet Travel Survival Kit, Oakland, CA: Lonely Planet Publications, 1996, 302-304.
  • Stewart, Andrew, Antarctica: An Encyclopedia. Londres: McFarland and Co., 1990 (2 volumes), p. 469.
  • U.S. National Science Foundation, Geographic Names of the Antarctic, Fred G. Alberts, ed. Washington: NSF, 1980.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Antártida é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.