Baía Hope

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa da Península Antártica e ilhas associadas; a Baía Hope está indicada com a letra (A).
Base Esperanza na Baía Hope (Dezembro de 2004).

A Baía Hope é uma baía situada na Península Trinity. Tem 5 km de comprimento e 3 km de largura. A baía foi descoberta em 15 de Janeiro de 1902 durante a Expedição Antártica Sueca liderada por Otto Nordenskiöld, que lhe atribuiu o nome em homenagem ao Inverno que J. Gunnar Andersson, S.A. Duse, Toralf Grunden e José Maria Sobral, membros da expedição, lá passaram, depois do seu navio, Antarctic, ter sido esmagado pelo gelo. As ruínas de um abrigo em pedra construído pelos membros da expedição, ainda lá pode ser vista.

A antiga Base Britânica "D" foi instalada nesta baía em 1945. Sofreu um incêndio em 1948 e encerrou em 1964. A 8 de Dezembro de 1997, a British Antarctic Survey transferiu a base para o Uruguai, que lhe atribuiu outra designação: Estación Científica Antártica Ruperto Elichiribehety (ECARE).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Antarctica. Sydney: Reader's Digest, 1985, p. 156-157.
  • Child, Jack. Antarctica and South American Geopolitics: Frozen Lebensraum. Nova Iorque: Praeger Publishers, 1988, p. 73.
  • Lonely Planet, Antarctica: a Lonely Planet Travel Survival Kit, Oakland, CA: Lonely Planet Publications, 1996, 302-304.
  • Stewart, Andrew, Antarctica: An Encyclopedia. Londres: McFarland and Co., 1990 (2 volumes), p. 469.
  • U.S. National Science Foundation, Geographic Names of the Antarctic, Fred G. Alberts, ed. Washington: NSF, 1980.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Antártida é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.