Blah Blah Blah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Blah Blah Blah"
Single de Kesha com a participação de 3OH!3
do álbum Animal
Lançamento 19 de fevereiro de 2010
Formato(s) CD single, download digital
Gravação 2009
Gênero(s) Electropop,[1] dance-pop[2]
Duração 2:52
Gravadora(s) RCA
Composição Kesha Sebert, Benjamin Levin, Neon Hitch, Sean Foreman
Produção Benny Blanco
Informações sobre o vídeo musical
Lançamento 23 de fevereiro de 2010
Director(es) Brendan Malloy
Duração 3:24
Cronologia de singles de Kesha
Último
Último
"Tik Tok"
(2009)
"Dirty Picture"
(2010)
Próximo
Próximo
Cronologia de singles de 3OH!3
Último
Último
"Starstrukk"
(2009)
"My First Kiss"
(2010)
Próximo
Próximo
Lista de faixas de Animal
Último
Último
"Stephen"
(5)
"Hungover"
(7)
Próximo
Próximo

"Blah Blah Blah" é uma canção da cantora estadunidense Kesha contida no seu álbum de estréia, Animal. Produzida por Benny Blanco e co-composta por Kesha, Blanco, Hitch Neon e Sean Foreman, foi lançada como segundo single do disco em 19 de fevereiro de 2010 e contém a participação da dupla 3OH!3. A composição inicial da música ocorreu quando Kesha, Blanco, Hitch e Foreman estavam discutindo sobre qual o sexo falava mais e qual era o mais "detestável". A canção tem um andamento mediano de electropop e fala sobre os homens da mesma maneira que eles falaram sobre as mulheres na indústria da música. Musicalmente, "Blah Blah Blah" retrata uma mulher que prefere fazer sexo do que ouvir um homem falar.

A letra da canção foi recebida com reações mistas dos avaliadores, alguns sentiram que o fornecimento vocal de Kesha foi eficaz e ousado, enquanto outros críticos descartaram como lixo. Uma queixa comum entre eles foi o aparecimento do 3OH!3 afirmando que era "desnecessário". O single obteve um sucesso comercial, ficando entre os cinco primeiros na Austrália e no Canadá, enquanto entrou no top dez das paradas dos Estados Unidos e da Nova Zelândia. A canção se tornou o segundo single de Kesha a ficar no top dez na Austrália, no Canadá e nos Estados Unidos. Ela passou a vender mais de dois milhões de cópias nos Estados Unidos, além de ser certificada disco de platina duas vezes no Canadá.

O videoclipe de "Blah Blah Blah" foi dirigido por Brendan Malloy. O vídeo segue o tema semelhante a letra da canção; Descrevendo Kesha ser paquerada por vários homens diferentes e ela sempre os rejeita. Kesha e 3OH!3 apresentaram a canção na nona temporada de American Idol.

Antecedentes e divulgação[editar | editar código-fonte]

"Blah Blah Blah" foi escrita por Kesha ao lado de Neon Hitch, Sean Foreman e Benny Blanco, que também produziu a música. Kesha disse que a canção se originou de uma discussão que teve no estúdio sobre a política dos relacionamentos entre meninas e meninos que mais tarde a mesma explicou:

A música surgiu quando as pessoas que a escreveu - eu, Benny Blanco, Neon Hitch e Sean Foreman - e nós estávamos em uma sala e eles estavam conversando sobre como as garotas falam demais, [...] E eu e Neon estávamos contra, [...] Então, nós tivemos essa discussão de qual sexo falava mais, as garotas ou os garotos. E a canção veio em torno daquela conversa. Eu acho que faz um ponto muito justo, tanto no vídeo quanto na música, que os garotos são muito mais irritantes.[3]

A canção foi apresentada pela primeira vez ao vivo para a MTV Push, um programa transmitido pela MTV Networks mundialmente.[4] [5] Também foi interpretada em 18 de janeiro de 2010 no programa MuchOnDemand, transmitido no canal canadense de música a cabo, MuchMusic.[6] Kesha apresentou pela primeira vez uma versão altamente censurada da canção na nona temporada de American Idol com 3OH!3 em 17 de março de 2010.[1] [7] No Reino Unido, Kesha fez duas aparições para apresentar a música. A primeira foi em 18 de fevereiro de 2010, no Alan Carr: Chatty Man.[8] Foi seguido por uma apresentação no programa de televisão GMTV em 19 de fevereiro.[9] Kesha também cantou a música em um conjunto para Radio 1's Big Weekend da BBC,[10] assim como Willkommen Bei Mario Barth Live na Alemanha e So You Think You Can Dance Australia.[11]

Composição[editar | editar código-fonte]

"Blah Blah Blah"
"Blah Blah Blah" é uma canção de dance music com um tempo mediano composta em ré menor.

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

"Blah Blah Blah" é uma canção de dance music com um andamento mediano e dos gêneros dance-pop e electropop.[1] A música combina pesado uso do ​​Auto-Tune, com baterias eletrônicas e sintetizadores, enquanto infunde indícios da R&B.[12] De acordo com a partitura publicada no Musicnotes.com por Kobalt Music Publishing, o single está definido no tempo composto com uma taxa de batida moderada de 120 batimentos por minuto. Está escrita na tonalidade de ré menor e o alcance vocal de Kesha na música se estende desde a nota de D3 para a nota de D5.[2]

Liricamente, "Blah Blah Blah" retrata uma mulher que prefere fazer sexo do que ouvir um homem falar[13] como a cantora acha homens falantes irritante; evidente com as linhas "me mostra onde está seu pênis" e "Eu quero ficar pelada" deixar este significado literal sem ambiguidades. A própria artista foi franca sobre a interpretação simples das letras.[3] A letra tem sido interpretada como uma chance no meio dos homens objetificam mulheres falando delas da maneira que elas fazem na indústria da música.[3] Andrew Burgess, do MusicOMH. notou que o verso "Eu realmente não ligo pra onde você mora / Apenas vire, garoto, e deixa comigo / Não seja uma menininha com o seu bate-papo / Apenas me mostra onde está seu pênis" era uma forma de menosprezar a dupla.[14] Fraser McAlpine, da BBC, observou que era o progresso cultural que uma mulher pode agora "cantar uma canção [...] tão suja [...] quanto os seus colegas".[15]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[16]
BBC 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[15]
Billboard (positiva)[17]
Digital Spy 2 de 5 estrelas.Star full.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[18]

"Blah Blah Blah" recebeu críticas mistas da maioria dos avaliadores. Fraser McAlpine, da BBC, deu à canção quatro estrelas de cinco, afirmando que ficou impressionado com a canção e dizendo: "É um sinal de progresso cultural que uma moça pop moderna possa cantar uma canção que é exatamente tão suja quanto o tipo de música com seus colegas arriscariam." Ele comparou o fornecimento vocal de Kesha ao de Eminem, fazendo o mesmo a parte cativante, "Para com esse blá-blá-blá", com "Bad Romance", de Lady Gaga, afirmando que a música era um "giro da fazendeira rural" dela.[15] Jim Farber, do New York Daily News, afirmou que a faixa "poderia se tornar o hino do 'tanto faz' da temporada."[19] Bill Lamb, do About.com, avaliou a faixa com quatro estrelas e comentando também sobre a letra: "Vamos acabar com o assunto, Kesha diz Cala a boca, vamos transar. Esta é a essência completa de "Blah Blah Blah", e ninguém mais provavelmente poderia entregar a canção de uma forma mais eficaz e cativante. Jogue num mar de sintetizadores e baterias eletrônicas, este é o segundo maior sucesso de Kesha". Lamb ditou o aparecimento do 3OH!3 enquanto foi contra, afirmando ser desnecessário.[16] Foi descrita pelo Winnipeg Free Press como um "corte pop-hop duro com pogo digno de batidas."[20] Daniel Brockman da The Phoenix pensou que Kesha "entoou num tom despreocupado sensual perturbador" na canção.[21]

Melanie Bertoldi de Billboard também pensou que o verso de 3OH!3 "severamente desacelerou o ritmo e nunca se encaixou com a maliciosidade de Kesha", mas elogiou a canção pela sua "danceability".[17] Andrew Burgess do MusicOMH disse que enquanto "3OH!3 faz uma tentativa aleijada para afirmar o caso para a igualdade de homens [na música], Kesha acaba parecendo tão contagiante que domina, é difícil de levar [3OH!3] a sério".[14] Mayer Nissim do Digital Spy deu a canção duas de cinco estrelas, afirmando que não era tão cativante quanto "Tik Tok", batendo a letra para ser "grossa" e acrescentando que ela não conseguiu cumprir muitas linhas, chamando-os "falsamente-ultrajante, lixo falsamente-feminista".[18]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Kesha no videoclipe, fechando a boca de um homem com fita adesiva, em resposta na tentativa dele de tentar paquerar ela.

O videoclipe para a canção foi dirigido por Brendan Malloy, da dupla The Malloys.[22] Estreou em 23 de fevereiro de 2010 no serviço de vídeos Vevo.[23] Ambos os membros do 3OH!3 fazem uma aparição na gravação.[24] Kesha disse à MTV que o trabalho envolve principalmente os homens (descritos como "idiotas") "dando em cima" de Kesha, enquanto ela diminui suas chances. A artista disse:

Em um momento, eu acabo por aproveitar e me envolver na situação toda, e foi muito legal [...] Todo o conceito do vídeo foi um monte de caras babacas me cantando como de costume, e me fazer comer suas perucas ou outros vários itens".[3]

Na primeira cena, fora de uma boate, Kesha é paquerada pelo comediante Bret Ernst. Ele tenta convencer Kesha que eles fariam um bom casal, entretanto Kesha envia texto a alguém, descrevendo o homem como um "grande idiota". A cena seguinte tem Kesha em um pool bar brincando perto de um homem, onde ela enfaixa ele com fita adesiva, mais tarde puxa as calças, depois descrevê-o como uma "saco de ferramentas" em uma mensagem de texto. Em um fliperama, Kesha empurra um homem que está conversando com ela. O terceiro pretendente tenta tocar guitarra para Kesha, á qual Kesha responde enchendo sua boca de papel. Na seqüência final, um homem tenta falar com Kesha em uma pista de boliche. Ela perde o interesse quando sua peruca cai de sua cabeça e ela enfia a peruca na boca. O vídeo termina com Kesha e 3OH!3 cantando e dançando juntos nas pistas de boliche.[25] [26]

Melanie Bertoldi da Billboard disse que o clipe foi "completamente divertido".[25] Bill Lamb do About.com observou que o vídeo "bem pode ser o seu momento "Poker Face" que identifica Kesha como uma força criativa a sério pop a ser considerada. Lamb comentou sobre o aparecimento de 3OH!3 afirmando: "eles têm uma participação especial no vídeo, mas realmente é tudo Kesha", "há pouca dúvida que ela tem poder de estrela sério."[27]

Faixas[editar | editar código-fonte]

"Blah Blah Blah" foi lançada como CD single.[28] A canção também foi lançada no formato de download digital, contendo duas faixas.[29] Em seguida, foi lançado um EP disponível para download com três faixas sendo elas, dois remixes de seu single anterior, "Tik Tok".[30]

CD single[28]
N.º Título Duração
1. "Blah Blah Blah"   2:52

Créditos[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de "Blah Blah Blah", de acordo com o encarte do álbum Animal:[31]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, "Blah Blah Blah" estreou na Billboard Hot 100 na posição sete, e na Hot Digital Songs no número dois, vendendo um total de 206 mil downloads, ambas as paradas se tornaria pico da música.[32] Na Pop chart da Billboard, a canção atingiu um pico de onze.[33] A canção recebeu certificação platina pela Recording Industry Association of America pelas vendas de 1.000.000 de unidades e em fevereiro de 2011, a canção vendeu mais de dois milhões de cópias digitais nos Estados Unidos.[34] Em junho de 2011, a canção já vendeu 2.132.000 cópias nos Estados Unidos.[35] No Canadá, "Blah Blah Blah" estreou na Canadian Hot 100 na posição três, que se tornou seu pico.[36] Em março de 2010 o single foi certificado platina dupla pela Music Canada pelas vendas de 80.000 unidades.[37]

Na Austrália, "Blah Blah Blah" entrou na parada australiana na posição sete na semana de 24 de janeiro de 2010.[38] Na semana seguinte, a música pulou para posição quatro, onde ocupou a posição por três semanas consecutivas. Na quinta semana da música na parada, atingiu o seu pico na posição três onde se realizou no lugar durante uma semana.[38] A canção foi disco de platina pela Australian Recording Industry Association (ARIA) pelas vendas de 70.000 unidades.[39] Na Nova Zelândia, a música estreou em posição sete. Ela mais tarde passou a receber a certificação de ouro pela Recording Industry Association of New Zealand (RIANZ) pelas vendas de 7.500 unidades.[40] "Blah Blah Blah" fez sua estréia na UK Singles Chart no número onze em de 7 de fevereiro de 2010[41] com venda de 27.161 unidades.[42]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

"Blah Blah Blah" foi lançada nas rádios estadunidenses em fevereiro de 2010 pela RCA Records,[64] gravadora que também distribuiu-lhe em formato físico (CD single) na Alemanha e na Austrália, e digitalmente em Portugal.[28] [65] No Brasil e na Coreia do Sul, "Blah Blah Blah" foi lançada digitalmente pela Sony Music Entertainment.[66] [67] No Reino Unido, a canção foi distribuída tanto como download digital como CD single.[30] [68]

País Data Formato Gravadora
 Estados Unidos 2 de fevereiro de 2010 Rhythmic[64] RCA Records
 Austrália[28] [29] 19 de Fevereiro de 2010 CD single
 Portugal[69] Download digital
 Brasil 22 de fevereiro de 2010[66] Sony Music Entertainment
 Coreia do Sul 26 de fevereiro de 2010[67]
 Reino Unido 28 de fevereiro de 2010[30] RCA Records
1 de março de 2010[68] CD single Columbia Records
 Alemanha[65] 23 de abril de 2010 RCA Records

Referências

  1. a b c Iyla Skripnokov. Ke$ha Gives 'Blah' Performance on 'Idol' (em inglês). Billboard. The New York Times Company. Página visitada em 11 de setembro de 2010.
  2. a b Ke$ha feat. 3OH!3 Sheet Music (em inglês). Music Notes. Página visitada em 18 de setembro de 2011.
  3. a b c d Vena, Jocelyn (8 de fevereiro de 2010). Kesha Gets Into Battle Of The Sexes With 3Oh!3 For 'Blah Blah Blah' Video (em inglês). MTV News. MTV Networks (Viacom). Página visitada em 10 de fevereiro de 2010.
  4. Watch Ke$ha on MTV Push!publicado=Columbia Records (em inglês).
  5. MTV NETWORKS INTERNATIONAL ROLLS-OUT MTV WORLD STAGE & MTV PUSH (Comunicado de imprensa) (em inglês). MTV Networks. Página visitada em 17 de novembro de 2009.
  6. Ke$ha – Jan 18, 10' (em inglês). MuchMusic. Página visitada em 21 de jameiro de 2010.
  7. Roberts, Soraya (18 de março de 2010). Ke$ha performing on American Idol (em inglês). Daily News. Página visitada em 18 de março de 2010.
  8. Series 3 | Episode 3 | Alan Carr: Chatty Man (em inglês). Alan Carr: Chatty Man. Channel 4 (18 de fevereiro de 2010). Página visitada em 19 de fevereiro de 2010.
  9. KE$ha Television Appearance | What's on GMTV 12 de fevereiro de 2010 GMTV (ITV)| =1° de março de 2010
  10. BBC – Radio 1's Big Weekend – Ke$ha (em inglês). BBC.
  11. Cameron (9 de fevereiro de 2010). Ke$ha to perform on ‘So You Think You Can Dance Australia’ (em inglês). TV Centeral. Página visitada em 2 de setembro de 2010.
  12. Lamb, Bill. Kesha – "Blah Blah Blah" featuring 3OH!3 (em inglês). About.com. The New York Times Company. Página visitada em 30 de maio de 2010.
  13. Lamb, Bill. Kesha – "Blah Blah Blah" featuring 3OH!3 (em inglês). About.com. The New York Times Company. Página visitada em 2 de fevereiro de 2010.
  14. a b Burgess, Andrew (1 de fevereiro de 2010). Kesha – Animal (em inglês). MusicOMH. Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  15. a b c McAlpine, Fraser (3 de fevereiro de 2010). BBC – Chart Blog: Ke$ha ft 3Oh3! – 'Blah Blah Blah' (em inglês). BBC Chart Blog. Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  16. a b Lamb, Bill. Kesha – "Blah Blah Blah" featuring 3OH!3 (em inglês). About.com. The New York Times Company. Página visitada em 2 de fevereiro de 2010.
  17. a b Bertoldi, Melanie (26 de fevereiro de 2010). Kesha Blah Blah Blah on Billboard (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media. Página visitada em 28 de fevereiro de 2010.
  18. a b Nissim, Mayer (1 de março de 2010). Ke$ha ft. 3OH!3: 'Blah Blah Blah' (em inglês). Digital Spy. (Hachette Filipacchi UK). Página visitada em 24 de junho de 2010.
  19. Farber, Jim (5 de janeiro de 2010). Kesha, 'Animal' (em inglês). New York Daily News.
  20. Kesha – Animal (RCA) (em inglês). Winnipeg Free Press. FP Canadian Newspapers (16 de janeiro de 2010). Página visitada em 19 de janeiro de 2010.
  21. Brockman, Daniel (8 de janeiro de 2010). Kesha | Animal (em inglês). The Phoenix. Phoenix Media/Communications Group. Página visitada em 17 de janeiro de 2010.
  22. Kesha – "Blah Blah Blah" (em inglês). MTV Networks. (MTV). Página visitada em 20 de março de 2010.
  23. Kesha Blah Blah Blah Music Video Debut. Vevo.
  24. Messer, Lesley (3 de fevereiro de 2010). First Look at Ke$ha's Latest Video Shoot (em inglês). People magazine. Time Inc.. Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  25. a b Bertoldi, Melaine (24 de fevereiro de 2010). Kesha Crushes men's balls In 'Blah Blah Blah' Video (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media. Página visitada em 26 de fevereiro de 2010.
  26. Vena, Jocelyn (24 de fevereiro de 2010). Ke$ha Teaches Boys A Lesson (Or Four) In 'Blah Blah Blah' Video (em inglês). MTV News. MTV Networks (Viacom). Página visitada em 25 de fevereiro de 2010.
  27. Lamb, Bill (24 de fevereiro de 2010). Ke$ha's "Blah Blah Blah" Video Is a Star Move (em inglês). About.com. The New York Times Company. Página visitada em 4 de agosto de 2010.
  28. a b c d Blah Blah Blah – Kesha (Australia CD Single). JB Hi-Fi. jbhifionline.com.au.
  29. a b c Kesha (Australia Digital Download Release) (em inglês). bandit.fm. Sony Music Entertainment. Página visitada em 21 de fevereiro de 2010.
  30. a b c d Ke$ha: Blah Blah Blah (feat. 3OH!3) (United Kingdom EP) (em inglês). Apple Inc. iTunes Store. Página visitada em 1 de março de 2010.
  31. (2010) Créditos do álbum Animal por Kesha, pg. 1. RCA Records/Sony Music Entertainment (88697-49209-2).
  32. Pietroluongo, Silvio (13 de janeiro de 2010). Kesha Holds On Hot 100; Doubles Down On Digital Songs (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media. Página visitada em 14 de janeiro de 2010.
  33. Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  34. Grein, Paul (23 de fevereiro de 2011). "Blah, Blah, Blah" (featuring 3OH!3) (2,074,000) (em inglês). Yahoo Music. Yahoo!. Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  35. Grein, Paul (15 de maio de 2011). Week Ending June 12, 2011. Songs: The Odd Couples (em inglês). Chart Watch. Yahoo! Inc. Página visitada em 15 de maio de 2011.
  36. Canadian Hot 100 – Week of January 23, 2010 (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media (23 de janeiro de 2010). Página visitada em 15 de janeiro de 2010.
  37. a b Gold & Platinum certifications (em inglês). Music Canada. Página visitada em 12 de abril de 2010.
  38. a b c Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music (em australiano). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  39. a b ARIA Charts — Accreditations – 2010 Singles (em australiano). Australian Recording Industry Association. Página visitada em 28 de março de 2010.
  40. a b May 2 2010: Radio Scope (em neozelandês). Recording Industry Association of New Zealand. Página visitada em 27 de maio de 2010.
  41. Chart Stats – Singles Chart For 13/02/2010. Chartstats.com. Chart Stats.
  42. Jones, Alan (2010-02-08). "Album sales jump as Alicia tops the charts". Music Week (United Business Media)
  43. Blah Blah Blah - Ke$ha (em alemão). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  44. Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music (em neerlandês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  45. Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music (em francês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  46. Canadian Hot 100 (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  47. GAON (em coreano). GAON.
  48. The Official Charts Company (em inglês). The Official Charts Company. Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  49. Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  50. Billboard Launches Canadian Hot 100 Chart (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  51. Blah Blah Blah - Ke$ha (em francês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  52. Blah Blah Blah - Ke$ha (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  53. Blah Blah Blah - Ke$ha (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  54. Blah Blah Blah - Ke$ha (em neerlandês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  55. Blah Blah Blah - Ke$ha (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  56. Blah Blah Blah - Ke$ha (em sueco). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  57. Blah Blah Blah - Ke$ha (em alemão). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  58. Blah Blah Blah - Ke$ha (em inglês). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  59. Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music (em alemão). Página visitada em 6 de setembro de 2011.
  60. ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 100 Singles 2010 (em australiano). Australian Recording Industry Association. Página visitada em 14 de janeiro de 2011.
  61. Best Of 2010 Canadian Hot 100 Songs (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 14 de janeiro de 2011.
  62. Best Of 2010 Hot 100 Songs (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 14 de janeiro de 2011.
  63. Gold & Platinum: Kesha Singles and Albums (em inglês). Recording Industry Association of America. Página visitada em 5 de outubro de 2010.
  64. a b Available For Airplay: 2/2 Rhythm Crossover (em inglês). FMQB. Friday Morning Quarterback. Página visitada em 1 de março de 2010.
  65. a b Amazon Mp3. Blah Blah Blah (German Cd Release) (em alemão). Amazon.de. Amazon. Página visitada em 23 de abril de 2010.
  66. a b Blah Blah Blah (Brazilian Download) (em inglês). Terra Sonora. Terra Networks. Página visitada em 15 de julho de 2011.
  67. a b Blah Blah Blah (Single) (em coreano). Sony Star. Sony Music Entertainment Korea Inc. Página visitada em 5 de abril de 2011.
  68. a b Kesha – Blah Blah Blah (United Kingdom CD Release) (em inglês). HMV Group. Página visitada em 9 de fevereiro de 2010.
  69. Ke$ha: Blah Blah Blah (feat. 3OH!3) (Protugal) (em inglês). Apple Inc. iTunes Store. Página visitada em 1 de outubro de 2011.