Caboz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCaboz
Microgobius gulosus1.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Gobiidae

O caboz é nome geral dado a um peixe da família Gobiidae, que inclui cerca de 2000 espécies.

Na costa portuguesa, onde é igualmente designado por alcaboz ou alcabroz, a espécie mais abundante é o Gobius paganellus, com um comprimento médio de 15 cm. Este peixe encontra-se em todos os tipos de águas e fundos marinhos das costas e estuários. Como o bodião, o caboz é uma espécie sedentária e nidifica em todos os buracos e reentrâncias rochosas.

A cor do caboz é o castanho-escuro, e as suas barbatanas, principalmente as peitorais, são muito desenvolvidas, fazendo lembrar umas asas. A cabeça e as mandíbulas deste pequeno peixe, e em relação ao seu comprimento, são de uma resistência excepcional.

Entre as várias espécies da família Gobiidae, os Periophthalmus, cujo significado literal é "olhos posicionados na região periférica", é um insetívoro que costuma subir em pequenos arbustos, a fim de capturar artrópodes de pequeno porte, como grilos e formigas. Esse posicionamento ocular decorre de uma adaptação biológica da espécie (evolução), já que esta necessita de meios alternativos de alimentação, face à grande competitividade entre os indivíduos e à própria escassez de alimentos das regiões lodosas onde habitam. São peixes com capacidade de armazenamento de água nas brânquias por várias horas e modificações nas nadadeiras que viabilizam sua locomoção terrestre.

Subfamílias[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Lista de gêneros da família Gobiidae

Ícone de esboço Este artigo sobre peixes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.