Classificação UIC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Classificação UIC é um sistema abrangente de classificação de locomotivas, unidades múltiplas e eléctricos de acordo com a disposição das suas rodas. O sistema foi introduzido pela União Internacional dos Caminhos de Ferro (UIC) e é utilizado na maior parte do mundo, com excepção dos Estados Unidos e do Reino Unido.

A notação utilizada no sistema de Classificação UIC conta os pares de rodas, ou seja o número de eixos:

Letras maiúsculas
designam o número de eixos tractores, começando em "A" para um único, "B" para dois, "C" para três, etc.;
Números
designam os eixos não tractores consecutivos, começando em "1" para um único;
"o" minúsculo
em muitas locomotivas eléctricas ou diesel-eléctricas, os eixos são propulsados individualmente por motores eléctricos. Isto é indicado pelo sufixo "o" junto à letra indicadora do eixo tractor;
Sinal " ' "
indica que os eixos são montados num bogie pivoteante;
Sinal "+"
indica que a locomotiva ou unidade múltipla é constituída por veículos individuais permanentemente acoplados;
Parênteses
podem ser utilizadas para agrupar letras e números descrevendo o mesmo bogie. Por exemplo (A1A) indica um bogie de três eixos, sendo os dois exteriores tractores. Quando são usados os parênteses não é necessário o uso do sinal " ' " para indicar um bogie.

As locomotivas do tipo Mallet podem ser classificadas através da colocação entre parênteses da unidade de força frontal (ex.: (2'D)D2'. As locomotivas do tipo Garrat são classificadas através de parênteses ou da colocação de sinais "+" entre todas as unidades individuais. Unidades mecanicamente separadas mas acopladas permanentemente são indicadas através do uso de um único sinal "+".

Na classificação UIC também podem ser colocados sufixos, indicadores de outras carcaterísticas da locomotiva:

  • h: vapor superaquecido (do alemão: Heißdampf);
  • n: vapor saturado (do alemão: Naßdampf);
  • v: composto (do alemão: Verbund);
  • Turb: turbina;
  • t: locomotiva tanque.

Estes sufixos poderão ser seguidos por um número indicador da quantidade de cilindros de uma locomotiva a vapor.

Actualmente a maioria das locomotivas modernas tem uma disposição de rodas do tipo Bo'Bo' ou Co'Co'.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

(A1A)(A1A)
significa que existem dois bogies sob a unidade. Cada bogie tem um eixo tractor, seguido de um não-tractor e de outro tractor;
BB
significa que existem quatro eixos tractores, todos montados no quadro da locomotiva. São dirigidos em pares, ou seja, cada par de eixos está ligado à engrenagem;
B'B'
significa que existem dois bogies sob a unidade. Cada bogie possui dois eixos tractores;
Bo'(A1A)
significa que existem dois bogies. O bogie "Bo'" tem dois eixos tractores cada um propulsado por um motor eléctrico individual. O bogie "(A1A)" tem um eixo tractor, seguido de um não-tractor e de outro tractor;
Bo'Bo'
significa que existem dois bogies. Cada um deles possui dois eixos tractores individualmente propulsados por um motor eléctrico;
C'C'
significa que existem dois bogies, cada um com três eixos tractores, propulsados através de engrenagens;
Co'Co'
significa que existem dois bogies, cada um com três eixos tractores, propulsados individualmente por motores eléctricos;
D
significa que existem quatro eixos tractores montados no quadro da locomotiva, propulsados por engrenagens;
1'D1'
significa que existem apenas um eixo não tractor montado num bogie, seguido por quatro eixos tractores montados no quadro da locomotiva, seguidos por outro eixo não tractor montado num bogie.

Ver também[editar | editar código-fonte]