Corporação Mondragon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Corporação Mondragon é um grupo de cooperativas e de empresas oriundo do País Basco. Constitui o primeiro grupo empresarial do País Basco e o sétimo de Espanha, bem como o maior grupo cooperativo do mundo.[1] No final de 2010 tinha 83.859 empregados.[2] Fundado pelo padre José María Arizmendiarrieta em 1956, a sua sede está na cidade de Arrasate/Mondragón (Guipúscoa). Atualmente é composta por 256 empresas e entidades distribuídas em quatro áreas: finanças, indústria, distribuição e conhecimento.

Historia[editar | editar código-fonte]

Em 1943, José María Arizmendiarrieta cria em Arrasate/Mondragón a Escuela Profesional Politécnica. [3]

Em 1956, Arizmendiarrieta, juntamente com cinco jovens (Usatorre, Larrañaga, Gorroñogoitia, Ormaechea e Ortubay), cria a empresa Talleres Ulgor, que se converteria, com o tempo, na Fagor Electrodomésticos, o embrião industrial da Corporação Mondragon.

Nos anos seguintes surgem Caja Laboral (1959), a seguradora Lagun Aro (1966) e, em 1969, fruto da fusão de nove cooperativas de consumo locais, cria-se Eroski, a empresa mais importante de Corporação Mondragon na área da distribuição.[4]

Em 1974 é criado o centro de Investigação Ikerlan.[5] e, em 1977, a Universidad de Mondragón.

Cultura Empresarial[editar | editar código-fonte]

A cultura empresarial está baseada em 10 princípios: livre adesão, organização democrática, soberania do trabalho, natureza instrumental e subordinada do capital, participação na gestão, solidariedade retributiva, intercooperação, transformação social, caráter universal e educação [6]

Áreas de actividade[editar | editar código-fonte]

A atividade das empresas da Corporação Mondragon desenvolve-se em quatro áreas: finanças, indústria, distribuição e conhecimento. A empresa registrou, em 2010, uma receita total de 14.755 milhões de euros.[7]

Referências

  1. P.G.D. (18 de enero de 2009). Diario El País (ed.): «Eroski se convierte en la mayor empresa cooperativa del mundo». Consultado el 11 de abril de 2012.
  2. MONDRAGON cerró el ejercicio 2010 con unos beneficios de 178 millones de euros, triplicando los logrados el año anterior (01-06-2010). Visitado em 8 de junio de 2010.
  3. Molina, Fernando. Jose María Arizmendiarreta. [S.l.]: Caja Laboral (ed.). ISBN 84-920246-2-3
  4. Larrañaga, Jesús. El cooperativismo de Mondragon. Interioridades de una utopía. [S.l.]: Azatza (ed.). ISBN 84-88125-12-7
  5. Foote, William. Making Mondragon. [S.l.]: ILR Press (ed.). ISBN O-87546-182-4
  6. Ormaetxea, José Maria. Medio siglo de la Experiencia Cooperativa de Mondragon. [S.l.]: Azatza (ed.). ISBN SS-1433/2003
  7. http://www.mondragon-corporation.com/mcc_dotnetnuke/Portals/0/documentos/cas/Informe-Anual/Informe-Anual.html

Ver também[editar | editar código-fonte]

Enlaces externos[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Corporação Mondragon