Dagon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dagon ou Dagom é um deus fenício e cananeu.

Segundo o escritor fenício Sanconíaton, traduzido do fenício por Filo de Biblos e preservado por Eusébio de Cesareia, Urano casou-se com sua irmã Ge, e teve vários filhos: Ilus, também chamado de Cronos, Betylus, Dagon, que significa Siton (pão-trigo) e Atlas.[1] Dagon, depois que desenvolveu o pão de trigo, foi chamado de Zeus Arotrius.[1]

De acordo com a Bíblia, quando os filisteus capturaram a Arca da Aliança, colocaram-na no templo de Dagom, em Asdode,[2] mas no dia seguinte Dagom estava prostrado diante da arca,[3] e no outro dia ele estava prostado, com cabeça e palmas das mãos cortadas, sobrando apenas o tronco.[4] Com medo, e por causa de outras pragas, os filisteus levaram a Arca até Gate.[5]

Referências

  1. a b Sanconíaton, A Teologia dos Fenícios, As Gerações [em linha]
  2. I Samuel 5:2
  3. I Samuel 5:3
  4. I Samuel 5:4
  5. I Samuel 5:8