Desfibrilador automático externo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Desfibrilador)
Ir para: navegação, pesquisa
Um DEA aberto e com as pás prontas para serem postas.

O Desfibrilador Automático Externo (DEA) é um aparelho eletrônico portátil que diagnostica automaticamente as, potencialmente letais, arritmias cardíacas de fibrilação ventricular e taquicardia ventricular em um paciente[1] . Além de diagnosticar, ele é capaz de tratá-las, através da desfibrilação, uma aplicação de corrente elétrica que para a arritmia, fazendo com que o coração retome o ciclo cardíaco normal.

O desfibrilador automático externo (DEA), utilizado em parada cardiorrespiratória, tem como função identificar o ritmo cardíaco "FV" ou fibrilação ventricular, presente em 90% das paradas cardíacas. Efetua a leitura automática do ritmo cardíaco através de pás adesivas no tórax. Tem o propósito de ser utilizado por público leigo, com recomendação que o operador faça curso de Suporte Básico em parada cardíaca. Descarga: 200 J ( bifásico ) e 360 J ( monofásico ) em adultos. Crianças, acima de 8 anos - 100 J (redutor). Não há consenso na utilização de crianças com menos de 30 kg.

Hoje, são utilizados equipamentos em unidades de emergência e UTIs, com cargas monofásicas que variam de 0 a 360 Joules ou Bifásicas de 0 a 200J.

Em muitos países a aquisição e utilização dos aparelhos DEA é livre e incentivada, pelas seguintes razões:

  • em caso de paragem cardiorespiratória tem de ser aplicado de imediato, não havendo tempo para chamar um serviço de emergência;
  • os DEA actuam sozinhos/inteligentemente, aplicando o choque apenas se for estritamente necessário.

Esta passagem carece de fontes

Um estudo que analisou a utilização do DEA acompanhou 22 indivíduos, onde 18 estavam com uma arritmia cardíaca que o DEA poderia tratar (fibrilação ventricular ou taquicardia ventricular). DOs 18, 11 sobreviveram. O mais interessante, porém, é que dos 11 sobreviventes, 6 foram salvos por transeuntes com absolutamente nenhum treinamento prévio na utilização de DEAs.[2]

Referências

  1. Kerber, Richard E; Becker, Lance B; Bourland, Joseph D; Cummins, Richard O; Hallstrom, Alfred P; Michos, Mary B; Nichol, Graham; Ornato, Joseph P; Thies, William H; White, Roger D; Zuckerman, Bram D. (18 de março de 1997). "Automatic External Defibrillators for Public Access Defibrillation". Circulation 95: 1677-1682 pp.. American Heart Association. PMID 9118556.
  2. Caffrey SL, Willoughby PJ, Pepe PE, Becker LB. (October 2002). "Public use of automated external defibrillators". N. Engl. J. Med. 347 (16): 1242–7 pp.. DOI:10.1056/NEJMoa020932. PMID 12393821.