Discussão:João Ferreira de Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pastor Evangélico?????[editar | editar código-fonte]

Tenho aqui com um amigo uma bíblia antiga onde se lê: Traduzida pelo PADRE João Ferreira de almeida, logo, não é verdadeira essa história de protestante desde os 14 anos. o comentário precedente não foi assinado por 201.50.37.141 (discussão • contrib.) Steelman MSG 10h49min de 30 de Setembro de 2007 (UTC)

Segundo informação que obtive junto da Sociedade Bíblica de Portugal, a palavra portuguesa "pastor" só ganhou o sentido de "ministro de culto protestante" durante o século XIX. Almeida foi o primeiro pastor de língua portuguesa de que existe registo; de tal forma que ele existiu antes da própria palavra que actualmente designa as suas funções.
Não esquecer também o clima de constante perseguição religiosa aos protestantes que existiu em Portugal até 1911, e novamente após 1926 (datas aproximadas), pelo que manter a designação "padre" seria uma forma de promover a aceitação da Bíblia pelo povo. (Além de que, se meia dúzia de protestantes saberiam o que quer dizer "pastor", milhões de católicos desconheceriam o termo.) – Tintazul msgÁfrica 07h19min de 30 de Setembro de 2007 (UTC)
Há também outras características... Se virem as antigas traduções verão que incluem-se aos nome dos Evangelhos a palavra "santo", mesmo não sendo doutrinariamente católicas. Creio que isso é feito muito mais por tradição do que por resoluções teológicas. --Quitete (discussão) 13h20min de 21 de janeiro de 2009 (UTC)
Apenas confirmando o que o próprio artigo fala, já que o tio de João era sacerdote católico, pode-se concluir que ele foi instruído como católico até a data da suposta conversão. Mas realmente, não há registro de que ele tenha se tornado padre católico. --Jonata (discussão) 18h12min de 9 de novembro de 2010 (UTC)

Antigas Almeida's[editar | editar código-fonte]

Acho que seria interessante colocar como link para baixar as antigas traduções de Almeida, antes mesmo de serem corrigidas e revistas. O problema é que muitas delas estão em sítio de download, tais como rapidshare, etc. Onde seria o melhor lugar para colocá-las, já que já são de domínio público? --Quitete (discussão) 13h18min de 21 de janeiro de 2009 (UTC)

Porque "padre"?[editar | editar código-fonte]

Quem conhece um pouco da historia do protestantismo, sabe que, apesar das diferencas que ocasionaram em separacao e reforma da igreja, os protestantes e reformadores deixaram muitas ideias, doutrinas e liturgias mas também conservaram alguns costumes e adotaram outros, se nao... nao seria reforma, que nao quer dizer: mudanca total, se nao, que repararam aquilo que nao estavam de acordo. Dentre os costumes conservados, na forma de culto, liturgia, doutrinas etc. veio tambem em algus casos o costume de chamar aos sacerdotes (pastores) de "padre". Nessa regiao onde se converteu Joao Ferreira de Almeida os pastores eram chamados: "padre". Por isso o termo "padre" para Joao Ferreira de Almeida.


Pr. Cosme Silva