Emundo da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Emundo, o Velho, nasceu em 1000 e morreu em 1060. Foi rei dos Suecos a partir de 1050, filho de Olavo, o Tesoureiro e meio irmão de Anundo Jacó. O apelido ‘O Velho’ se justifica pelo fato de seu reinado ter terminado quando Emundo havia 50 anos de idade.

Favoreceu as missões inglesas na Suécia em detrimento do Arcebispado de Hamburgo e Bremen.

Junto com o rei da Dinamarca Sven Estridsson, Emund estabeleceu o primeiro tratado de fronteiras formal entre a Dinamarca e a Suécia.

Diz-se que Emund enviou seu filho Anund a Kvänland, onde este foi envenenado. Sem ter descendentes homens, Emund foi sucedido por um nobre de Västergötland, chamado Stenkil da Suécia.

Precedido por
Anundo Jacó I
Reis da Suécia
1050-1060
Sucedido por
Stenkil I