Epiderme (botânica)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde outubro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Corte transversal do caule de uma planta de linho:
1. Medula,
2. Protoxilema,
3. Xilema I,
4. Floema I,
5. Esclerênquima
6. Córtex,
7. Epiderme

A epiderme (do grego "επίδερμίδα", significando "acima da pele"), em botânica, é um grupo de células que se dispõem numa única camada, nas folhas, flores, raízes e caule das plantas. Forma uma fronteira entre a planta e o ambiente externo. A epiderme desempenha diversas funções, protege contra a perda de água, regula a troca de gases, secreta compostos metabólicos e, especialmente nas raízes, absorve água e minerais. A epiderme da maioria das folhas mostra uma anatomia dorso-ventral: a página superior e a inferior têm uma construção diferente a pode executar diferentes funções. Os caules lenhosos e outras estruturas caulinares produzem uma cobertura secundária denominada periderme, que substitui a epiderme como cobertura protectora.