Escala de Ramsay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Escala de Ramsay, é uma tipo de escala subjetiva utilizada para avaliar o grau de sedação em pacientes, visando evitar a sedação insuficiente (o paciente pode sentir dores) ou demasiadamente excessiva (colocando-o em risco de morte).[1] Tem sido usado principalmente para avaliar pacientes em unidade de terapia intensiva.[2]

A escala de Ramsay foi descrita pela primeira vez pelo medico Michael Ramsay[3] como parte de um estudo sobre o efeito de um esteroide anestésico publicado em 1974.[2] Ela compreende valores que vão de 1 a 6, atribuídos observando as respostas dadas pelo paciente após estímulos e podem ser:

  • Grau 1: paciente ansioso, agitado;
  • Grau 2: cooperativo, orientado, tranqüilo;
  • Grau 3: sonolento, atendendo aos comandos;
  • Grau 4: dormindo, responde rapidamente ao estímulo glabelar ou ao estímulo sonoro vigoroso;
  • Grau 5: dormindo, responde lentamente ao estímulo glabelar ou ao estímulo sonoro vigoroso;
  • Grau 6: dormindo, sem resposta;

Referências

  1. Fernando Suparregui Dias, Choque, Editora EDIPUCRS, 2002, ISBN 8574303062, 9788574303062,Pág 555
  2. a b Borja de la Quintana, Monitorizacion en anestesia, Medicina de Urgencias y Cuidados Intensivos, Editora Elsevier España, 2004, ISBN 8481747084, 9788481747089
  3. Dallas Physician Elected To Lead International Organ Transplant Society (em inglês) (2009-08-20). Página visitada em 2009-10-21.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.