Esteira porta-cabo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As Esteiras Porta-cabos, também conhecidas como calhas porta cabos articuladas,cadeias drag, correntes de energia, ou reles de cabo, dependendo do fabricante, são guias destinadas a cercar e guiar cabos flexíveis ou mangueiras hidráulicas e pneumáticas ligadas ao movimento de máquinas automatizadas.

Elas reduzem o desgaste e Stress físico dos cabos e mangueiras, evitando o emaranhamento dos mesmos, além de melhorar a segurança do operador.

As Esteiras porta-cabos, podem ser instaladas nos comandos horizontais, verticais, rotativo em três movimentos tridimensionais.

História[editar | editar código-fonte]

Foram introduzidas no mercado pela primeira vez em 1950 pela [1]kabelshlepp, inicialmente eram feitas de aço e com o passar do tempo foram sendo também produzidas em [polipropileno] [] ou PP) que são amplamente utilizadas.

Em 2007, havia mais de sete fabricantes mundiais, incluindo [2] Fesma, [3] Murrplastik, igus [4] Kabelschlepp, [5] Selftrak, Metreel, M Buttkereit, Gortrac e Cavotec.

Atualmente o maior fabricante é a alemã igus que lidera este produto a nível mundial assim como os sistemas completos confeccionados chamados readychain.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

A maioria das esteiras têm uma seção transversal retangular, dentro do qual os cabos descansam ao longo do comprimento do habitáculo que pode ser aberto a partir do exterior, de modo que os cabos possam ser facilmente inseridos e conectados. Separadores internos na transportadora separam os cabos. Cabos também podem ser mantidos no lugar com um alívio de tensão integrado. Os suportes de montagem fixam as extremidades da transportadora para a máquina.

Além de dobrar em apenas um plano, devido à estrutura rígida articulada, as operadoras de cabo também frequentemente só permitem dobrar em um sentido. Em combinação com a montagem rígida das extremidades da transportadora, o que pode impedir totalmente os cabos fechados flopping em direções indesejadas e tornar-se confusa ou esmagados.

Variantes[editar | editar código-fonte]

Hoje, as Esteiras porta-cabos estão disponíveis em muitos estilos diferentes, tamanhos, preços e escalas de desempenho. Algumas das seguintes variantes são:

  • Aberto
  • Tubos (proteção contra poeira e detritos, tais como lascas de madeira ou lascas de metal)
  • Baixo nível de ruído
  • Compatível (mínimo de desgaste)
  • Movimento multi-eixo
  • Carga de alta resistência
  • Produtos químicos, água e resistente a temperaturas

Cabos[editar | editar código-fonte]

Os cabos portadores são usados frequentemente com especial altamente cabos flexíveis para estender a vida dos cabos de serviço. Os cabos extra flexiveis de construção especial entrançada e materiais de revestimento são estudados constantemente no grande laboratório de testes com 1750 m2 da igus. Os denominados chainflex já largamente testados representam uma solução fiável na transmissao de energia

Exemplos de aplicação[editar | editar código-fonte]

As esteiras porta-cabos são usadas em qualquer lugar onde haja movimento de automação envolvendo a transferência de energia, dados, líquidos ou gases. Os exemplos incluem ferramentas de máquinas, guindastes, lavagens de carro, armazenagem médicos e equipamento de laboratório, automação, empilhadeiras, robôs industriais, plataformas offshore de petróleo e tecnologia palco.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Esteira porta-cabo