Saga Fagrskinna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Fagrskinna)
Ir para: navegação, pesquisa

Fagrskinna é uma das sagas dos reis, escrita em aproximadamente 1220. Seu nome advém de um dos manuscritos que foram preservados, Fagrskinna significa 'Belo Couro'. A Fagrskinna original foi destruída em fogo, mas cópias dela foram preservadas. Uma fonte imediata para a Heimskringla de Snorri Sturluson, Fagrskinna é um texto central no gênero das sagas dos reis.

Edições e traduções[editar | editar código-fonte]

  • Bjarni Einarsson (ed.). Ágrip af Nóregskonungasogum: Fagrskinna – Nóregs konunga tal. Reykjavik, 1984.
  • Jónsson, Finnur (ed.). Fagrskinna. Nóregs Kononga Tal. Copenhagen, 1902-3. PDF disponível em septentrionalia.net
  • Munch, P.A. e C.R. Unger (eds.). Fagrskinna. Kortfattet Norsk Konge-saga. Christiania, 1847. Scans disponíveis em sagnanet.is
  • Finlay, Alison (tr.). Fagrskinna: A Catalogue of the Kings of Norway. Leiden: Brill Academic Publishers, 2004. Baseado primariamente na edição de Einarsson de 1984 ISBN 90-04-13172-8

Literatura secundária[editar | editar código-fonte]

  • Haraldsdóttir, Kolbrún. "Fagrskinna." Reallexikon der Germanischen Altertumskunde vol. 8. Berlim, 1994. 142-51. ISBN 3-11-016858-8
  • Ehrhardt, H. "Fagrskinna." Lexikon des Mittelalters vol. 4 Munique. Zurique, 1989.
  • Jakobsen, Alfred e Jan Ragnar Hagland. Fagrskinna-studier. Trondheim, 1980. ISBN 8251903661
  • Jakobsen, Alfred. "Om Fagrskinna-forfatteren." Arkiv för nordisk filologi 85 (1970). 88–124.
  • Halvorsen, Eyvind Fjeld. "Fagrskinna." Kulturhistorisk leksikon for nordisk middelalder vol. 4, Copenhagen 1959.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]