Fraates III de Pártia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Outubro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Fraates III da Pártia (? — 57 a.C.) foi sucessor de Sanatruces (seu pai) e reinou sobre o Império Parto de 70 a.C. a 57 a.C..

Quando Fraates III assumiu o trono em 70 a.C., o general romano Lúculo estava se preparando para atacar Tigranes o Grande, rei da Armênia, que havia tomado a Mesopotâmia e vários estados vassalos da Pártia. Naturalmente, Fraates recusou-se a ajudar Mitrídates VI do Ponto e Tigranes contra os romanos. Em vez disso, ele apoiou seu genro quando este se rebelou contra o sogro e invadiu a Armênia em 65 a.C. numa aliança com Pompeu, que deixou a Mesopotâmia para os partos. No entanto, Pompeu logo quebraria o tratado: reconheceu o poder de Tigranes, aprisionou seu genro, tomou os estados vassalos de Gordiena e Osroena para os romanos e negou o título de "rei dos reis," que Fraates readotara como rei parto. Por volta de 57 a.C., Fraates é assassinado pelos seus dois filhos, Orodes II e Mitrídates III.

Precedido por
Sanatruces
Rei da Pártia
70—57 a.C.
Sucedido por
Orodes II e Mitrídates III